Home / Colunistas / As mães e todas as outras mulheres…

As mães e todas as outras mulheres…

Quantas vezes você já escutou “as mulheres competem entre si” ou “mulher nunca é amiga de verdade de outra mulher? Ao longo da minha vida, escutei isso muitas vezes e para ser sincera nunca dei muita bola. Até porque nunca concordei com isso.

Essa ideia de mulher não se dar bem com mulher sempre me pareceu uma teoria de conspiração sem o menor fundamento inventada por algumas pessoas que não tinham muito o que fazer.

Até que virei mãe e descobri que em alguns casos existe uma distância enorme entre as mães e todas as outras mulheres do mundo.Atualmente se fala muito em feminismo e sororidade entre as mulheres. Existe um movimento forte contra o machismo (e quero deixar claro que sou totalmente a favor disso e acho extremamente necessário) porém ainda vejo a todo momento a falta de empatia com as mães e isso dói na alma. Principalmente quando parte de outras mulheres….

Vou citar só alguns exemplos… Já vi colega de trabalho ser alvo de chacota porque, na volta da licença maternidade, corria para o banheiro da empresa para tirar leite já que o corpo não entende com tanta facilidade que muitas mães tem que voltar a trabalhar enquanto ainda deveriam estar em casa amamentando; já vi mulheres (muitas para ser sincera) disparando olhares tortos para as mães que amamentam em público; já ouvi falar que a mãe recém-nascida devia estar com alguma problema de cabeça porque o bebê nasceu com saúde e ao invés de ficar feliz ela anda quieta, chorona e passa o dia inteiro de pijama… E por aí vai….

Depois que temos filho percebemos que o mundo pode ser muito cruel com as mães e é no mínimo revoltante quando isso parte de outras mulheres. Não que homens tenham direito de fazer isso mas, por sermos mulheres, tanto quanto as outras, esperamos mais empatia conosco.

Não podemos mais achar isso normal. Temos que nos indignar. Temos que desconstruir a imagem de mãe perfeita. Temos que quebrar tabus. Temos que mostrar que nem tudo é um mar de rosas. E nada disso quer dizer que não amamos nossos filhos mais que tudo no mundo.

E enquanto enfrentamos essa luta temos que dar a mão à palmatória e admitir que ninguém entende uma mãe tão bem quanto outra mãe.

Sobre Paloma Bueno

Paloma Bueno é escritora, produtora e criadora do projeto Filhos.com.
Atualmente tenta dividir o tempo entre o trabalho como coordenadora de produção na RedeTV, os cuidados com a casa, o principal papel de todos, que é ser a mãe do Matheus!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios são marcados *

*

Para topo
abadjeni@mailxu.com lechuga.shaunte@mailxu.com