Home / Capa / Autoescola de Itapevi terá sua atividade suspensa preventivamente por 30 dias por inserção de dados falsos em sistema de informações

Autoescola de Itapevi terá sua atividade suspensa preventivamente por 30 dias por inserção de dados falsos em sistema de informações

O Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran.SP) flagrou na tarde de quarta-feira, 10, irregularidade na aplicação de aula prática da categoria A (moto) em um Centro de Formação de Condutores (CFC), conhecido como autoescola, localizado em Itapevi.

A equipe de fiscalização constatou que as aulas práticas de duas motocicletas da autoescola Renata não estavam sendo ministradas como constavam do sistema e-CNHs, que rastreia todas as etapas do processo de habilitação. Passado o período de aprendizagem, não houve o retorno dos alunos e instrutores, bem como dos veículos, para o devido encerramento das aulas.

Foi registrado boletim de ocorrência na Delegacia de Polícia de Itapevi por inserção de dados falsos em sistema de informações, crime previsto no artigo 313-A do Código Penal, passível de pena de 2 a 12 anos de reclusão.

Além disso, a autoescola terá sua atividade suspensa preventivamente por 30 dias e responderá a processo administrativo instaurado pelo Detran.SP que pode resultar em descredenciamento. Como garante a Constituição Federal, a empresa terá direito a apresentar defesa antes da conclusão do processo.

O Detran.SP realiza regular e periodicamente diligências e fiscalizações em parceiros como CFCs, médicos e psicólogos credenciados e em locais de exames práticos a fim de coibir eventuais fraudes e irregularidades no processo de habilitação.

Suspeitas de irregularidades podem ser denunciadas à Ouvidoria do Detran.SP pelo portal www.detran.sp.gov.br ou diretamente no link a seguir http://bit.ly/1ZfLWnf. É garantido sigilo ao denunciante.

Sobre Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios são marcados *

*

Para topo
hevessy@mailxu.com