Home / Capa / Empregos no setor industrial de Osasco e região tem queda no 1° semestre

Empregos no setor industrial de Osasco e região tem queda no 1° semestre

A região Oeste fechou o primeiro semestre de 2017 com o nível de emprego industrial no vermelho. Entre os meses de janeiro e junho, em Osasco e cidades vizinhas o setor perdeu 2,6 mil vagas . Sendo que  650 vagas foram eliminadas no último mês, contribuindo para que saldo também ficasse negativo no nos últimos 12 meses, com 5.100 postos eliminados.

Os dados são de pesquisa divulgada  pelo Ciesp (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo).  Ainda de acordo com o levantamento, o resultado de junho foi influenciado principalmente pelos cortes promovidos nos setores de Produtos Alimentícios(queda de 3,43% no nível de emprego); Impressão e Reprodução de Gravações (-3,07%) ; Produtos Químicos (-0,70%) e Produtos de Borracha e de Material Plástico (-1,53%).

O recuou foi de 1,01% em relação a maio, o maior registrado, para esse período do ano, desde que a série foi iniciada, em 2006. Até então, o recorde era de – 0,90%, registrado em junho dos anos de 2014 e 2015. Já no primeiro semestre desse ano, a retração foi a segunda maior, perdendo apenas para abril, quando a queda foi de 1,94%. Ainda nesse período, o único mês em que o nível de emprego foi positivo, na região, foi em janeiro, com alta de 0,06%.

Em todo o Estado, a indústria paulista fechou o mês de junho com demissão de 9,5 mil trabalhadores, queda de 0,44% na comparação com o mês anterior. Já no 1º semestre, ao contrário da região Oeste, o resultado foi positivo em 10 mil novas vagas de trabalho, o melhor resultado desde 2013. Entre as 36 diretorias regionais, 17 que apontaram altas, com destaque para Jaú (1,13%),; São Caetano do Sul (0,59%)e Limeira. Já as maiores quedas foram registradas em Botucatu (-4,34%), Santos (-1,65%) e Matão (-1,49%).

Sobre Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios são marcados *

*

Para topo
crook.kurt@mailxu.com