Home / Capa / Equipe Sub 15 de Basquete de Barueri conquistou o ouro no Sul-Americano

Equipe Sub 15 de Basquete de Barueri conquistou o ouro no Sul-Americano

A equipe FD Basquetebol Team está em festa. Voltou com o ouro no Sub15 e a prata no Sub13 masculino do “21º Encontro Sul-Americano de Basquete”, que acontece em Novo Hamburgo, no Rio Grande do Sul, e reúne a elite da categoria de base da modalidade.  Formada por garotos de 12 a 15 anos da região de Barueri, a equipe foi a maior delegação do evento com aproximadamente 70 pessoas: um time no Sub12, um no Sub13, dois no Sub14 e um no Sub15. O maior mérito foi o título de campeões na Sub15.

Após seis partidas, a invicta FD Basquetebol Team não deu chances à ninguém. A equipe foi para final, na última sexta-feira (28/7), e fechou por 70 a 55 contra o Febamba, de Buenos Aires/Argentina, time até então tido como favorito no evento, ocorrido no ginásio da Sociedade Ginástica de Novo Hamburgo.

Giovanni Fontoura, 15 anos, incentivado pela mãe começou na escolinha de basquete desde os oito e treina quatro vezes por semana.  Esta é a segunda vez que participa do evento e comemorou seu primeiro ouro no Sul-Americano. “Fomos para a final invictos e, ainda, vencemos o time favorito. Todos jogaram bem e foi uma partida muito legal e disputada, estou bem feliz com esta conquista”,  diz o armador lateral #11, que foi o cestinha da equipe em uma das partidas.

Para o técnico Adriano Geraldes, responsável pelas categorias do Sub15 e Sub14, o desempenho foi muito produtivo. “O resultado foi espetacular. Vencemos por 15 pontos na final contra um dos grandes times da Argentina, na categoria. A invencibilidade em todos os jogos, com vantagem bem razoável, além do diferencial atlético e físico dos garotos, também foram fundamentais para a conquista, em meio as melhores equipes da atualidade”, afirma. “Esse garotos estão atualmente na liderança do Campeonato Paulista. Nesta temporada temos 13 vitórias em 14 partidas disputadas até o momento”, elogia o técnico.

Geraldes divide o mérito da preparação também com o assistente André Almeida Franco e a técnica Talita Lourenço, que acompanha a maioria dos garotos desde o início. “Esse título foi incrível porque, ao longo destes anos, vi o quanto batalharam, tudo que passaram e evoluíram e o fruto do trabalho que eles colheram é algo inesquecível para a vida desses garotos”, elogia Franco.

Garra não faltou também ao time do Sub13 que venceu seis das sete partidas, mas perdeu na final para o Minas Tênis (MG), ficando com a medalha de prata e saíram orgulhosos pelo desempenho exemplar na primeira participação  no evento.

Vale ressaltar que a FD Basquetebol Team, ainda, conquistou prêmios individuais. No Sub15, Amós Veloso Dias foi o “Melhor Armador” e Lucas Lima Teodoro, o Lucão, foi o “Melhor Pivô”. Já no Sub14, Gabriel Caldeira Oliveira foi premiado como o “Melhor Armador” (série Prata). Kleber Raphael Guimarães Ramalho foi o “Melhor Pivô” (série Ouro). O Sub12 não subiu ao pódio, mas Talita Lourenço foi considerada a “Melhor Técnica” da categoria. Há nove anos, a profissional trabalha com a preparação da maioria destes garotos que entram aos 8 anos na escolinha de basquete.

Superação e mérito – A vitória do Sub15 não foi o único motivo a ser comemorado pela delegação, pois a participação dos garotos foi viabilizada graças aos pais que pagaram as despesas de viagem e transporte, ao esforço conjunto que mobilizou pais, atletas, comissão técnica, inclusive na venda de rifas que ajudaram aqueles que não teriam condições de ir. A superação foi em todos os sentidos.

O casal Glauber Fontoura e Sandra Dias, pilotos de rali e empresários da região de Alphaville, foram um dos responsáveis pela participação da delegação no Sul-Americano. “Fizemos questão de acompanhar toda a semana de jogos, não somente pelo nosso filho (Giovanni) mas porque acreditamos no potencial desses garotos e na dedicação de cada um. Poder colaborar para concretização de um sonho, ver a felicidade e o sorriso deles no final, faz tudo valer a pena. É gratificante demais, Sandra e eu estamos realizados”, explica Fontoura.

Para Talita há algo a mais. “Sou uma apaixonada pelo que faço e comoveu ver a mobilização geral de pais, atletas, equipe técnica para fazermos as inscrições e até inclusive comprar frutas e alimentação para as equipes”, ressalta. “A iniciativa da Fontoura Dias (FD Stands & Displays) é maravilhosa, pois sempre colaborou, mas desta vez, foi especial o que fizeram para que esses meninos estivessem neste campeonato. Sem o patrocínio deles essa vitória não seria da forma que foi e tão grandiosa. O que fizeram por esses garotos não tem preço é sensacional. Seremos eternamente gratos”, finaliza. Talita recebeu na última segunda-feira, 31, o prêmio da Federação Paulista de Basquete, como Melhor Técnica de 2016 na Sub12.

Sobre Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios são marcados *

*

Para topo
longton-349@mailxu.com