Home / Capa / FILMES QUE INSPIRAM…

FILMES QUE INSPIRAM…

12 de Junho (Dia dos Namorados), uma data que exala amor, uma palavra que não define. Sentimento único que cada um vivencia de forma própria. Sentimento este que deve ser cultivado em si mesmo antes de ser compartilhado, para se estar pleno, antes de completar-se no próximo.
Acompanhado do parceiro, de amigos ou até mesmo sozinho, que tal aproveitar este friozinho preguiçoso que o mês nos traz, para assistir alguns destes filmes?

 

AMAR-SE

Avassaladoras (2002)

Laura (Giovanna Antonelli) é uma bela mulher de 34, bem-sucedida na carreira de designer gráfica, simpática e interessante. Mesmo com tantas qualidades, ela está sem nenhum tipo de relacionamento há mais de um ano. E ela não é a única de seu grupo que enfrenta problemas para se relacionar. Betty (Paula Cohen) é uma devoradora de homens, mas esconde uma enorme fragilidade interior; Paula (Ingrid Guimarães) está grávida de um cara com quem namora só por carência; e Tereza (Chris Nicklas) trabalha tanto que não tem tempo para o amor. Ela busca conselhos através de sua avó Maria Alice (Márcia Real), uma senhora irreverente, e do sensível Marcel (Wellington Nogueira), autor do livro “Mulheres à Procura de Alguém”, para o qual está projetando a capa. Através da gência de encontros de Lúcia (Rosi Campos), Laura conhece o rústico Miguel (Caco Ciocler), mas justamente quando começa a considerar algo mais sério com ele, Thiago (Reynaldo Gianecchini), o “Don Juan” da empresa aonde ela trabalha confunde suas ideias.  Aos poucos Laura vai recuperando sua autoestima e confiança em si. Acabando por perceber que não adiantar forçar, e decide deixar as coisas rolarem.

 

Comer, rezar, amar(2010)

Quem nunca sonhou em largar tudo e sair pelo mundo? Foi isso o que Liz Gilbert (Julia Roberts) fez ao constatar que não era feliz, mesmo com uma relação estável, uma casa própria e uma carreira bem-sucedida. Confusa sobre seus desejos, Liz sai da zona de conforto, se divorcia, arruma as malas e parte para uma viagem de um ano rumo à Itália, Índia e Indonésia. Na bagagem, os objetivos de autoconhecimento e paz interior. Na Itália, seu primeiro destino, a jornalista conhece os prazeres da gastronomia, sem culpa e medo de calorias. Na Índia, aprende a rezar e meditar, perdoando seus erros. E em Bali ela retorna à casa de um curandeiro, aonde recebe lições de sabedoria, e também faz novos amigos. Um deles é Felipe (Javier Bardem), que desperta em Liz a vontade de se apaixonar e se envolver novamente num relacionamento.

 

PERMITIR-SE SER AMADO

PS: Eu te amo (2008)

Holly Kennedy (Hilary Swank) é uma mulher linda e inteligente, casada com o amor de sua vida – um irlandês engraçado e impetuoso, chamado Gerry (Gerard Butler). Quando Gerry falece devido a uma adoença, a vida de Holly desmorona. A boa notícia é que ele deixou tudo planejado. Antes de morrer, escreveu várias cartas que irão orienta-la. Embora a mãe de Holly (Kathy Bates) e suas melhores amigas, Denise (Lisa Kudrow) e Sharon (Gina Gershon), temam que essas cartas a estejam prendendo no passado. Com as palavras de Garry como guia, Holly embarca em uma jornada de redescoberta tocante, excitante e por vezes engraçada. Em uma história sobre casamento, amizade, e como um amor tão intenso pode tornar a finitude da morte no início de uma nova vida. Para muitos este é o filme que encabeça as listas dos mais românticos da história do cinema..

 

10 coisas que eu odeio em você (1999)

A situação está tensa na casa dos Stratford. Bianca (Larisa Oleynik) não vê a hora de arranjar um namorado, mas seu pai (Larry Miller) não permite que ela saia com garotos. Após muita insistência, o pai encontra uma solução: Bianca poderá namorar desde que sua irmã Katharina (Julia Stiles), namore também. Porém Katherina é uma verdadeira megera, que não tem amigos. Para resolver a questão Cameron (Joseph Gordon-Levitt), apaixonado por Bianca, resolve contratar o misterioso Patrick Verone (Heath Ledger) para seduzir a futura cunhada. Uma comédia romântica adolescente, inspirado na obra “A Megera Domada” de William Shakespeare

 

Diário de uma Paixão (2004)

Numa clínica geriátrica, Duke, um dos internos que relativamente está bem, lê para outra interna (com um quadro mais grave) a história de Allie Hamilton (Rachel McAdams) e Noah Calhoun (Ryan Gosling), dois jovens enamorados que em 1940 se conheceram num parque de diversões. Eles foram separados pelos pais dela, que nunca aprovaram o namoro, pois Noah era um trabalhador braçal e oriundo de uma família sem recursos financeiros. Para evitar qualquer aproximação, os pais de Alie a mandam para longe. Por um ano Noah escreveu para ela todos os dias, mas não obteve resposta, pois a mãe (Joan Allen) interceptava as cartas. Crendo que Allie não estava mais interessada nele, escreveu uma carta de despedida e tentou se conformar. Allie esperava notícias de Noah, mas após 7 anos desistiu de esperar ao conhecer um charmoso oficial, Lon Hammond Jr. (James Marsden), que serviu na 2ª Grande Guerra (assim como Noah) e pertencia a uma família muito rica. Ele pede a mão de Allie, que aceita, mas o destino a faria se reencontrar com Noah. Como seu amor por ele ainda existia e era recíproco, ela precisa escolher entre o noivo e seu primeiro amor.

Sobre Patricia Naresse

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios são marcados *

*

Para topo
brightly.231@mailxu.com