Home / Capa / Hinode Barueri é campeão da Superliga B

Hinode Barueri é campeão da Superliga B

Ginásio em Barueri ficou totalmente lotado (Foto: William Lucas/CBV)

Ginásio em Barueri ficou totalmente lotado (Foto: William Lucas/CBV)

O Hinode Barueri é o novo campeão da Superliga B Feminina de Vôlei e, na próxima temporada, vai disputar a Superliga principal com a elite do vôlei nacional. A equipe comandada por José Roberto Guimarães deu um show em quadra para um público de cinco mil pessoas e conquistou o grande primeiro título da história após vencer o BRH-Sulflex/Clube Curitibano (PR) por 3 sets a 0, com parciais de 25 a 10, 25 a 11 e 25 a 20, nesta segunda-feira (10), no Ginásio José Corrêa, em Barueri .

Muito bem organizado taticamente, o Hinode Barueri pressionou os adversários desde o início. No primeiro set, o destaque ficou por conta da oposto Sara, no bloqueio, e da ponta Suelle, maior pontuadora do jogo. Foram 14 pontos de ataque contra cinco da equipe paranaense.

A segunda parcial começou com ace de Ana Cristina. Menos nervoso, o Curitibano se encontrou em quadra e passou à frente no placar pela primeira vez (7 a 6). Experientes, Suelle e Erika ajudaram o time a recuperar e trabalharam bem nas pontas.

O Curitibano dificultou o duelo no terceiro set, mas o Hinode Barueri não deixou os adversários encostarem e fechou em 25 a 20. Saiu das mãos de Sara o ponto do título. Aí, foi só comemorar.

“Primeiro quero agradecer a todos que vieram prestigiar esse jogo. Ao nosso patrocinador, o Hinode, e a cidade de Barueri, que acolheu o projeto. A todas as pessoas que se dedicaram, vieram trabalhar sem esperar nada, acreditaram em um sonho que hoje é realidade. No ano que vem, na Superliga, espero que a gente dê continuidade à equipe principal e às categorias de base. Estou realmente emocionado”, comemorou Zé Roberto.

O Hinode Barueri foi um projeto idealizado pelo treinador. A equipe começou a treinar no dia 12 de outubro do ano passado, conquistou o título da Taça de Prata e se credenciou para disputar à Superliga B. Agora, concretiza o primeiro grande objetivo, com o título da Superliga B e a vaga para a elite do vôlei nacional.

“Há muitos anos venho trabalhando isso na minha cabeça. É a cidade que escolhi para viver, onde montei meu centro de treinamento. O que mais me motivou foi quando eu soube que tinham acabado com as categorias de base. Barueri tem muito material humano. Meu sonho é que a cidade seja referência de vôlei no Brasil”, completou.

Zé Roberto lembrou a dedicação nos treinos durante esses seis meses de trabalho e a cobrança que fazia diariamente às atletas. “Não importa se é Seleção, clube ou projeto pessoal. Temos que fazer o melhor, sempre. A Erika me perguntava se íamos jogar Superliga B ou Mundial e eu disse que Mundial. Precisamos melhorar a cada dia. A cobrança tem que existir. Elas sabiam da responsabilidade e onde podíamos chegar. Era um desafio muito grande.”

Capitã do Hinode Barueri e seis vezes campeã da Superliga principal, Erika agradeceu ao técnico pela oportunidade. “É uma felicidade imensa. Plantamos uma sementinha e vimos ela crescer. Agora, vem florindo. Com a vitória de hoje, começa uma nova história. Viemos por amor, com casa e comida. Do zero, porque ainda não tinha patrocínio, até chegar o Hinode. Então, sinto mais amor gratidão ainda. Sou experiente, mas tenho muita vontade e ainda vou dar trabalho”, encerrou.

Sobre Robson Donizete

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios são marcados *

*

Para topo
hickocksadie@mailxu.com