Home / Colunistas / Inside

Inside

Sérgio Azevedo, um exemplo de pai

O empresário do ramo imobiliário abriu as portas para o Correio Paulista e contou um pouquinho sobre a atividade mais gratificante de sua vida

Dizem que ser avô é ser pai duas vezes, tanto do filho quanto do neto. É reviver momentos, é diversão dobrada, é a dose dupla de um amor sem fim. É neste clima que o empresário Sergio Alves de Azevedo planeja comemorar este dia dos pais, o primeiro, com a neta Gabriela, de 11 meses, presente que recebeu ano passado da filha Patrícia Azevedo.
Pai e avô dedicado, Sergio conta que sofreu muito quando os filhos Patrícia e Luis Fernando Azevedo, frutos do casamento de mais de 37 anos com Neusa Azevedo, saíram de casa. “Com o Luis (casado há dois anos) foi mais fácil, tive certa vantagem, porque ele trabalha aqui comigo, e almoça em casa todos os dias… Agora a Patrícia (casada há 4 anos), menina normalmente é mais agarrada com o pai e tal, e a Patrícia… Nossa… Foi difícil”, emocionou-se. “Construímos uma casa bem confortável, e em um determinado momento essa casa ficou com dois quartos vazios. Foi angustiante! Às vezes, à noite, eu e a Neusa, logo que eles casaram, chegávamos a nossa casa, e era complicado passar pelos quartos, nós ainda sentíamos o cheiro dos filhos”, contou.
Com a chegada da Gabriela, esse quadro mudou, temos hoje um berço no quarto da Patrícia, o espaço ganhou nova vida, com cheiro de bebê. Já no quarto do Luis Fernando, hoje maratonista, é onde ficam as medalhas, e ficaram também algumas camisas de futebol, “logo verei à continuação dele, eu imagino que logo, logo”, disse e completou, “É bom sentir que a marquinha deles está lá!”.
O novo avô vibra ao falar da neta Gabriela, “Eu tenho uns amigos que são avôs corujas e eu antes pensava, nossa será que eu vou ser tão coruja assim?! Sim, eu acho que estou pior! É uma fase muito bonita na vida de qualquer pessoa. Quando ela chega com aquele olhão azul, ela me dá força pra encarar o que for. É sentimento de vida, da presença de Deus, é revigorante presenciar o crescimento, o desenvolvimento, e tem a tossinha do vovô que ela imita direitinho”, derreteu-se.
O filho Luis Fernando herdou do pai a paixão pelo futebol, Serginho, como é chamado pelos amigos, não abria mão de levá-lo as escolinhas, e de incentivá-lo no esporte “Ele tinha camisa de goleiro, luvas, se vestia todo, íamos pra fora e eu tinha que ficar chutando a bola pra ele pegar, então eu chutava ali uma meia hora e ele queria mais. Isso é uma coisa que as vezes me pego pensando, e me cobro, porque que eu não joguei 40 minutos ao invés de 30, não é?! Porque passou, e passou muito rápido”.
A filha Patrícia seguiu o pai em outra paixão, a música, “quando criança ela quis aprender a tocar teclados e sempre estivemos, a mãe dela e eu, nas apresentações, aplaudindo na primeira fileira”, mas lembrança maior é que “Ela adorava dormir no meio da gente, ela dizia papai vamos fazer a cerimônia, que era colocá-la para dormir na nossa cama, no meio de nós, e quando ela dormia, eu a pegava no colo, já adormecida e a levava para o quarto dela, isso era toda a noite, e é uma coisa que me dá muita saudade”, finalizou.

 

HOMENAGENS

Neusa Azevedo-Esposa
“Eu só tenho que agradecer por Deus ter me dado dois filhos desse homem honrado, carismático, que tem o coração maior que o mundo. Que meus filhos e minha neta possam sempre tê-lo como exemplo de alguém que é generoso demais, que está sempre preocupado com o bem estar do próximo! Te amo muito!”

Luis Fernando-Filho
“Meu pai com certeza é minha maior referência como pessoa. Tenho muitas lembranças da minha infância com ele, mas com certeza a maior era quando eu jogava futebol, era um tempo que a gente tinha para nós dois, nada atrapalhava esse tempo nosso, sinto muita falta dessa época. Pai te amo! Muito obrigado por tudo!!”

Patricia Azevedo, Filha
Quando casei e saí de casa, sempre me perguntava se tinha conseguido aproveitar ao máximo a convivência com meu pai. Fiquei com receio de não nos vermos muito. Porém, vi nosso relacionamento amadurecer. Fico muito emocionada de vê-lo com minha filha. Ela até imita a tosse tão característica dele! Meu pai é um vencedor, meu porto seguro.”

Sobre Karine Gomes

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios são marcados *

*

Para topo
tinnes-tatiana@mailxu.com desorbojosphine