Home / Colunistas / Manhã, Tarde e Noite na Televisão

Manhã, Tarde e Noite na Televisão

Enfim Tatá Werneck surgiu em “Deus Salve o Rei”, Globo. Ou seja, Tatá Werneck fazendo mais um papel com cara de Tatá Werneck. Não muda nunca. Isso não é bom.
Já no último domingo perdi o sempre bom “Ding Dong” do “Domingão do Faustão”, Globo. Já estou viciado no quadro. Música na TV sempre dá certo.
Mudando de assunto…
Até outro dia, vários e vários programas estavam sendo reprisados (período de férias). Tem algo que eu sempre reparo. Uma declaração dada repercuti mais na reprise do que no dia que aconteceu verdadeiramente.
Falando em reprises…
Sempre que posso assisto programas antigos do “Telecurso” na TV Cultura. Muitos atores começaram nestes programas. Bem legal.
E esta semana, o “Vídeo Show”, Globo, foi apresentado por Sophia Abrão e Marcos Veras. Tudo muito lido e pouco improvisado. Até a risada parece que não é natural. Apesar que, o Veras tem futuro.
Aproveitando…
Na terça, o Tarcísio Meira foi homenageado. Triste ver que este genial ator já não tem mais saúde para trabalhar em todos os capítulos de uma novela.
Aproveitando…
A jornalista Ananda Apple fez uma critica musical em suas redes sociais. Gostei. Uma profissional da Globo que não seguiu modinha e não teve medo de falar. E rede social particular não tem nada a ver com a empresa que ela trabalha.
Igual no rádio, o jornalista José Calil sempre sofre por ter opinião forte, não ter medo de “mimimi” e não seguir aquelas modinhas bobas. Só não sei se todo patrão aceita um profissional assim. Alguns se rendem ao “mimimi”.
Estou ansioso pela estreia da Cátia Fonseca na Band (não deveria ter saído da Gazeta). Vou pensar em quadros para o programa e vou mandar como sugestão. Parece que programa vai ter uma boa equipe.
Sabe aquelas famosas reportagens “Por Onde Anda”? Este tipo de matéria aponta por onde o famoso que está sumido. Aí que está o detalhe, sumido para os outros. Normalmente eu sei por onde anda o sujeito.
Voltando ao assunto reprise… 
Se reprisar cem vezes a novela ” A Viagem”, eu vou assistir todos os dias.
Falando em saudade…
Sinto falta do Fábio Júnior, do Rodrigo Faro e até do Alexandre Frota fazendo novelas.
Uma coisa nada a ver, mas…
Também sou jornalista esportivo de rádio. Uma coisa eu tenho que dizer. Profissional que faz jornalismo esportivo no rádio faz qualquer coisa na grande mídia. Este trabalha em qualquer setor.
O que é pior, o artista politicamente correto ou o que finge indignação para agradar uma maioria boba e cheia de puritanismo?
Para fechar…
Ainda não acostumei com “Luz do Sol” na Record. Já “Bicho do Mato” é boa desde o início. Reprises são sempre bem vindas.

 

Sobre Marcio Torvano

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios são marcados *

*

Para topo
ortwein-mona@mailxu.com