Home / Capa / Osasco terá Rota nas ruas

Osasco terá Rota nas ruas

Com o aumento do número de furtos e roubos nas ruas de Osasco, o prefeito Rogério Lins foi a São paulo solicitar ajuda da Rota para reforçar a segurança nos bairros mais perigosos da cidade

O coronel Melo Araújo, comandante da Rota o subcomandante Major Cássio com o prefeito Rogério Lins

Preocupado em aumentar o combate à criminalidade em Osasco, na terça-feira, 6, o prefeito Rogério Lins esteve na sede da Rota (Rondas Ostensivas Tobias Aguiar), em São Paulo, para solicitar o auxílio da corporação da Polícia Militar especializada no policiamento ostensivo em todo o estado de São Paulo. Acompanhado do vereador Ralfi Silva, Lins foi recebido pelo comandante da Rota, coronel Melo Araújo e pelo subcomandante da corporação, Major Cássio.
Após agradecer pelo trabalho que a Polícia Militar já realiza em Osasco, Rogério Lins fez um breve relato sobre o que a Administração Municipal já realizou em seu governo na área da segurança pública, como as ações da Guarda Municipal, sobretudo, em blitzes realizadas em parceria com as polícias Civil e Militar. “Abrimos um concurso público com mais de 200 novas vagas de GCMs e temos também investido, principalmente, em câmeras de monitoramento para ajudar no combate à criminalidade. Mas, sem dúvida, sabemos da importância da Rota e por isso estamos aqui para solicitar essa ajuda de vocês”, disse Lins.
O coronel Melo Araújo, que assumiu o comando da Rota há 15 dias, disse que vai estudar com carinho a solicitação do prefeito. “Nós trabalhamos em cima de dados estatísticos para decidirmos nossas atuações específicas. Vamos conversar também com o comandante Machado, que acabou de assumir o comando da Polícia Militar em Osasco, mas podem ficar tranquilos, pois, Osasco já faz parte do planejamento de ações da Rota e estamos atentos à demanda no município”, disse o comandante.
Segundo Melo Araújo, as ações da Rota são direcionadas normalmente para combater crimes mais graves como tráfico de drogas, assaltos e latrocínios, que são roubos seguidos de morte. Porém, ele ressaltou que, de acordo com as estatísticas, a corporação combate todos os tipos de delitos, como roubos de celulares e furtos de veículos, caso essas ocorrências tenham índices elevados numa região e quando a polícia local solicita o apoio da Rota. ” Osasco pode ficar tranquila, porque quando nós vamos para lá, ou para qualquer outra cidade, é para prender criminosos”, garantiu o comandante.
Durante a inauguração da ETE Barueri, o governador Geraldo Alckmin falou sobre a criação do BAEP (Batalhão de Ações Especiais da Polícia). “É a Rota fora de São Paulo. É o mesmo modelo de tropa de elite para a região. Teremos no batalhão 216 homens e duas mulheres, 47 viaturas grandes, fortemente armadas, para proteger a região”, revelou Alckmin.

Sobre Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios são marcados *

*

Para topo
michaux@mailxu.com odenheimer@mailxu.com