Home / Colunistas / Preciso de Televisão

Preciso de Televisão

Outro dia, o Vídeo Show (Globo) mostrou os vários trabalhos da Fernanda Torres na TV. A filha da Fernanda Montenegro já trabalhou em grandes novelas. E a Fernanda das novelas, nem parece essa dos programas de humor. Faço uma campanha desde já, que volte para novelas. E fazendo até drama (como foi na segunda versão de “Selva de Pedra”).
E minha mãe gosta muito do trabalho do Mateus Solano. Está adorando ele em Pega Pega (Globo). Apesar de que ela insiste em dizer que o nome do personagem é Félix (aquele de “Amor à Vida”).
E assistindo “O Cravo e a Rosa” no You Tube…
Admirando um pouco mais o trabalho da atriz Maria Padilha. Sempre achei pouco valorizada. É ótima. E linda.
Já aquele meu medo aconteceu.
“A Fórmula”, série da Globo, ficou estranha e confusa. Já perdi o interesse. E sinto que muita gente pensa igual. Uma pena.
Já “Sob Pressão”, Globo, está bem legal. Uma série bem realista mostrando o mundo dos hospitais públicos.
E um conhecido ligou para aqueles programas de acertar a palavra. E ele ganhou. Ganhou uma conta telefônica de 700 Reais. HAHAHAHAHAHAHA. Bem feito.
Não canso de falar, por um jornalismo sem a palavra “polêmica”. Não é difícil. Tem hora que cansa.
Falando do tempo…
Interessante, a previsão do tempo no “Jornal Nacional” está quase virando um quadro. Poderia virar um programa apresentado pela Maju. Será?
Aproveitando…
Já pensou o Willian Bonner apresentando programa de entretenimento? Bonner na cozinha fazendo pratos ao lado da Palmirinha? HAHAHAHAHA
Não sei se já falei, mas não gosto do Leandro Hassum no cinema. São muitas caretas e gritos por um tempo tão longo.
Já em “Os Dias Eram Assim”, Globo…
Está cada dia mais novela, por isso está ótima.
E nem sou tão fã, mas estou gostando muito da atuação da Nanda Costa em “Pega Pega”, Globo. Sua personagem Sandra Helena é sensacional. Apesar que poderia se chamar Sandra Rosa Madalena.
E “Vidas em Jogo”, Record, está chegando ao fim. Mais uma tristeza para o meu coração.
Falando daqueles comentaristas esportivos…
Não tem como levar o futebol a sério quando um jornalista analisa um jogador pelo corte de cabelo que o sujeito está usando. É muito para minha cabeça.
Para fechar…
Eu não preciso de programa de televisão para me avisar que eu me visto mal.
 

Sobre Marcio Torvano

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios são marcados *

*

Para topo
cousey_siobhan@mailxu.com garlits_darcie@mailxu.com