Home / Colunistas / Que linda! Nem parece mãe!

Que linda! Nem parece mãe!

 

Eu entendo que depois que a gente vira mãe, a aparência se torna um dos últimos itens na nossa lista de prioridades. Parece que o tempo de uma hora para outra sumiu, estamos sempre correndo contra o relógio e arranjar uma meia-hora para fazer a unha ou tentar dar uma boa escovada no cabelo às vezes exige muito planejamento.

Mas mesmo assim, continuo me esforçando (e muito) para não dar na cara que ando sempre exausta. Graças as maquiagens e cosméticos que temos hoje em dia, consigo dar uma boa disfarçada na olheira e no ar de cansaço. Comer também vira uma coisa bem sem planejamento. Vira e mexe como o que dá, na hora que sobra um tempo e tem dias que, depois de picar frutas e frutas, o filhote resolve que não quer mais comer. Aí, para não estragar aquele monte de fruta fresquinha picada, como tudo sem o menor peso na consciência, afinal, desperdiçar comida é pecado, né?

Mesmo vivendo essa vida insana, juro que sempre fico com um ponto de interrogação quando, ao encontrar alguém que não há um tempo, escuto: “Que linda você está! Nem parece que é mãe!”. Juro que já até escreveram isso no meu Facebook.

OI???? COMO ASSIM???

O fato de eu ser mãe, não tem nada a ver com a minha aparência. Posso até parecer linda e não parecer canhota, por exemplo, coisa que eu sou. Algumas coisas não precisam estar escritas na testa.

Parem de alimentar essa ideia que a figura da mãe ideal é sempre aquela mulher esbaforida, toda descabelada. Sei que em muitos momentos, é realmente assim que parecemos mas essa não é uma opção. E juro que a frase: nem parece mãe não soa como um elogio. Até porque ser uma pessoa “linda” acredito que não é a meta de vida de nenhuma mãe.

Então, por favor, não nos julgem pelos fios de cabelo bagunçados e nem pelo dia que conseguimos fazer uma boa maquiagem. Esse tipo de julgamento (mesmo que parecendo elogio) não nos ajuda em nada.

Quer realmente nos ajudar? Então nos dê uma mão com as crianças para nós conseguirmos um tempo para dar uma recarregada nas energias. Ler um livro, assistir um filme, andar sozinha por um parque… É disso que precisamos para nos sentir lindas… Por dentro, claro, porque depois dos filhos, é só isso que importa.

Sobre Paloma Bueno

Paloma Bueno é escritora, produtora e criadora do projeto Filhos.com. Atualmente tenta dividir o tempo entre o trabalho como coordenadora de produção na RedeTV, os cuidados com a casa, o principal papel de todos, que é ser a mãe do Matheus!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios são marcados *

*

Para topo
keely_rxd@mailxu.com vanetta@mailxu.com