Home / CORREIOMOTORS / Sandero R.S. 2.0 ganha série limitada Racing Spirit

Sandero R.S. 2.0 ganha série limitada Racing Spirit

Nascidos nas pistas 119 anos atrás, os carros da Renault representam o casamento de desempenho e tecnologia refinada. A marca é movida pelo prazer em dirigir e pela paixão pela vida. Com o DNA da Renault Sport, o Sandero R.S. 2.0 ganha um visual ainda mais esportivo com a nova série limitada batizada de Racing Spirit.

O “hot hatch” mais vendido do país agora traz de série pneus Michelin PS4 associados a rodas de 17 polegadas, com pinças de freio e a parte central pintadas em vermelho. A cor vermelha está também no contorno inferior do para-choque específico com desenho das lâminas em estilo F1, espelhos retrovisores, difusor e nova faixa lateral com a inscrição “Racing Spirit”.

Por dentro, a inspiração de um cockpit continua presente e com detalhes que evidenciam ainda mais a esportividade do Sandero R.S. 2.0. Uma placa numerada, localizada perto do câmbio, identifica o número de série da edição Racing Spirit. O revestimento do teto agora é preto e a cor vermelha está nos aros dos difusores de ar laterais e no contorno do velocímetro, além das costuras e faixas dos bancos. Com acabamento “black piano”, o painel central e as maçanetas internas dão uma pegada ainda mais esportiva ao interior, destacado pelas cores preta e vermelha.

As rodas são agora equipadas com os novos pneus 205/45 R17 Michelin Pilot Sport 4, proporcionando melhor performance nas frenagens e ainda mais durabilidade à série limitada Racing Spirit.

Desenhado e desenvolvido pela Renault Sport Cars, em conjunto com as equipes do estúdio Renault Design América Latina e do centro Renault Tecnologia Américas, o Sandero R.S. 2.0 é um legítimo esportivo. Com motor 2.0 aspirado, que entrega 150 cv e 20,9 kgfm com etanol, associado a um câmbio manual de 6 velocidades com relações curtas para maior esportividade, o “hot hatch” atinge a velocidade máxima de 202 km/h e vai de 0 a 100 km/h em apenas 8,0 segundos. O Renault Sandero R.S. 2.0 se destaca por sua capacidade de proporcionar sensações esportivas desde o primeiro toque no acelerador, além de muito prazer na utilização diária.



  • Modo Standard: Este é o modo mais seguro para uso diário. O ESP e o ASR ficam ligados. O Modo Standard não exige nenhuma intervenção do motorista (ativado por padrão).
  • Modo Sport: pedal com respostas mais rápidas, ronco do motor mais esportivo, desaceleração mais lenta, marcha lenta aumentada para 950 rpm, permitindo uma condução reativa. O modo Sport é acionado por meio de uma leve pressão no botão R.S., localizado no console central.
  • Modo Sport+: todos os recursos do modo Sport, além do desligamento do ESP/ASR, permitindo desfrutar ao máximo da condução esportiva, aproveitando plenamente todo o potencial do carro. O modo Sport+ é acionado através de uma longa pressão no botão R.S.
Produzida na fábrica da Renault em São José dos Pinhais (PR), a série limitada Sandero R.S. 2.0 Racing Spirit tem preço sugerido de R$ 66.400 e é limitada a 1.500 unidades. De fábrica, traz, entre outros itens, controles de estabilidade (ESP) e de tração (ASR), assistente de arrancada em subidas (HSA), faróis de rodagem diurna (DRL) de LED, ar-condicionado automático, vidros elétricos dianteiros e traseiros, banco do motorista regulável em altura, piloto automático (controlador e limitador de velocidade), sensores de estacionamento e sistema Media NAV Evolution, a central multimídia integrada ao painel com tela de 7 polegadas touchscreen. O Sandero R.S. Racing Spirit será exibido durante o Salão do Automóvel de Buenos Aires 2017, que acontece de 10 a 20 de junho.Sob

Arquitetura Carroceria monobloco, 2 volumes, 5 passageiros, 4 portas
Motor Quatro tempos, bicombustível (gasolina e/ou etanol),
quatro cilindros em linha, 16 válvulas
Tração
Dianteira
Cilindrada 1.998 cm
Diâmetro x curso      82,7mm x 93,0 mm
Taxa de compressão 11,2:1
Potência máxima (ABNT) 145 cv (gasolina) @ 5.750 rpm / 150 cv (etanol) @ 5.750 rpm
Torque máximo (ABNT) 20,2 kgfm (gasolina) @ 4.000 rpm / 20,9 kgfm (etanol) @ 4.000 rpm
Alimentação Injeção eletrônica multiponto sequencial
Pneus/rodas Michelin PS4 205/55 R17
Suspensão dianteira MacPherson, triângulos inferiores, amortecedor hidráulicos
telescópicos com molas helicoidais.
Suspensão traseira Rodas semi-independentes, molas helicoidais e amortecedores hidráulicos telescópicos verticais com efeito estabilizador.
Freios Dianteiros: discos ventilados de 280 mm de diâmetro e 24 mm espessura.
Traseiros: discos com 240 mm de diâmetro
Direção Eletrohidráulica, diâmetro giro 10,6 m
Câmbio Manual, 6 velocidades e marcha ré
Relações de marcha 1…………………. 3,73:1
2…………………. 2,10:1
3…………………. 1,63:1
4…………………. 1,29:1
5…………………. 1,02:1
6…………………. 0,81:1
Ré……………….. 3,54:1
Diferencial……… 4,12:1
Tanque de combustível 50 litros
Porta-malas 320 litros
Carga til 458 kg
Peso (em ordem de marcha) 1.161 kg
Entre-eixos 2.590 mm
Comprimento 4.068 mm
Altura 1.499 mm
Largura (sem retrovisores) 1.733 mm
Aceleração 0 a 100 km/h 8,4 segundos (gasolina) / 8,0 segundos (etanol)
Velocidade máxima 200 km/h (gasolina) / 202 km/h (etanol)

Sobre Robson Donizete

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios são marcados *

*

Para topo
romulus.jonas@mailxu.com