Home / Colunistas / Santo Antônio do Pinhal

Santo Antônio do Pinhal

A cidade linda e acolhedora do vale do paraíba está a 173 quilômetros de osasco, com uma gastronomia, natureza e hotelaria únicas, é opção para curtir o outono com o seu amor

Santo Antônio do Pinhal tem vários estilos e valores de hospedagem

Hoje quero falar sobre outra cidade fofa que pertence àquele grupo magnífico de cidades da Serra da Mantiqueira. A cidade que é tão romântica, que leva até o nome do santo casamenteiro. Santo Antônio do Pinhal.
Uma cidade pequena, cercada pela natureza, boas opções de hospedagens, ótimos restaurantes regionais, atividades ao ar livre e perfeita para aquelas viagens a dois que sempre queremos fazer.
Vou começar falando que para chegar em Santo Antônio do Pinhal, é necessário pegar a Marginal Tietê, Rodovia Ayrton Senna, sentido a Campos do Jordão. Na serra, tem uma entrada em direção a cidade, antes de chegar em Campos do Jordão. Você realmente estará no meio da Mantiqueira e seus pulmões já vão começar a agradecer.
Falando dessa parte da natureza, o bacana é se hospedar em alguma pousada que te proporcione esse tipo de experiência, com chalés lindos e quentinhos, perfeitos para quem quer curtir bons momentos com quem se ama. Tenho a indicação de duas pousadas perfeitas para isso, uma do lado da outra, ambas na Estrada do Machadinho (sei que esse nome dá um certo medo, mas fique tranquilo).
A Villa Campestre e a Villa Mantiqueira. Ambas perfeitas, com piscinas, espaço perfeito para curtimos a natureza, chalés confortáveis, pessoas incríveis que irão nos recepcionar da melhor maneira possível. Essas duas pousadas são os locais ideais para sua viagem ficar ainda melhor.
Na parte da natureza, temos boas opções para os viajantes aventureiros. Tem a visita ao Pico Agudo, que tem 1703 metros de altitude e a vista de lá é bem bacana.
Muita gente vai para lá somente para voar de asa delta ou parapente. Se você curte esse tipo de aventura, lá é o lugar certo. Une esportes radicais com belas paisagens. Perfeito.
A cidade também conta com o Mirante do Cruzeiro, que tem uma vista bonitinha da cidade também. E não esqueça de colocar no seu GPS, uma visita para a Cachoeira do Lageado. Se paga para entrar, tem uma certa estrutura, mas vale a pena pelo banho de cachoeira que revigora nossas energias.

A gastronomia é um dos pontos fortes da cidade

Uma experiência que não pode faltar na sua viagem (na verdade, eu até sacrificaria alguma das atrações naturais para visitar esse lugar que vou contar para vocês), é uma visita à cachaçaria “A Bodega”. É um lugar simples, sem muito luxo, mas é um lugar excepcional. Eu adoro e volto todas as vezes que viajo para Santo Antônio do Pinhal. Você pode experimentar qualquer cachaça que quiser (e aguentar), da forma de degustação. Confesso que após alguns copinhos, você fica quente, sua bochecha enrubesce e o sorriso fica bem solto. Se quiser comprar, basta escolher a que mais gostou, escolher o tamanho e pronto. Eles também vendem outros produtos da região como salames, vinhos e queijos.
A Bodega é uma experiência inesquecível (dependendo do seu nível alcóolico hahaha).
Agora, vamos para aquela parte da viagem que todo mundo sabe que eu amo falar e contar os detalhes para vocês! Gastronomia!
Obviamente, visitei vários restaurantes da cidade e adorei todos eles. Comi muito bem, alto nível de qualidade dos pratos, chefs criativos, etc. Fora que as decorações são tão regionais, tão lindas. Eu simplesmente amo sentir, viver, ver e saborear a cultura local através da comida que eles preparam com tanto carinho. É algo que me enche o coração.
Conheci o Restaurante Donna Pinha, que é comandado pela chef Anouk. Uma fofa e talentosa mulher que consegue trazer para o prato, características bem pessoais. É um lugar perfeito para jantar, tomar um bom vinho (a carta deles é ótima) e provar tudo que a região pode nos proporcionar. Não deixe de provar qualquer prato com truta! É uma ordem! Não deixe de provar as trutas quando estiver em qualquer cidade da Serra da Mantiqueira.
Visitei também o Restaurante e Pesqueiro Arco Íris. É um restaurante legal para ir almoçar, havia bastante gente em grupos, como motoqueiros, família e casais de amigos. É um ambiente super agradável, que nos proporciona momentos deliciosos. Novamente, devo dizer para provarem os pratos feitos com trutas. Alguns deles acompanham risotos super saborosos. Vale a pena experimentar.
Bom, ainda na parte de gastronomia, mas entrando em um campo ainda mais especial no quesito “coração que abala”, quero falar de um lugar que conquistou o meu. A “Fazenda Água da Capoeira” é aquele lugar que te abraça e não larga mais. Cuidada por sua família desde a primeira árvore plantada, o lugar é mágico. Tem mais de dez mil árvores frutíferas plantadas lá. É uma belezinha de ver e melhor ainda, é pegar uma fruta do pé e comer. Mais fresca, impossível. Além de todas as atividades de fazenda que eles possuem, tem um buffet de comida tropeira esperando por nós. Pagamos um valor fechado e podemos experimentar o que quisermos. Se ficar lá por muito tempo, de tarde rola até um lanchinho da tarde com bolos caseiros e cafezinho feito na hora. Tudo com muito carinho, com muito amor. É um lugar que vai te marcar e não terá vontade de ir embora.
Resumindo, Santo Antônio do Pinhal é uma cidade linda, cheia de coisas bacanas para fazer e com cultura rica em tudo.
Os moradores são incríveis, tem aquele olhar simples e um coração bom, que acolhe todos. Se vocês ainda não foram para a cidade, programem logo sua visita. A temporada de frio está começando e tudo vai ficar perfeito por lá. Vale muito a pena curtir um frio da montanha e Santo Antônio vale a pena estar na sua lista. Corre pra lá!
Para saber mais sobre a cidade e muitos outros lugares, acesse meu blog que está bombando na internet! www.viagensdatalita.com.br e me siga no Instagram para ver fotos lindas e também participar de promoções bacanas @viagensdatalita Estou esperando todos vocês por lá!

Sobre Talita Bortolussi

Escritora, fotógrafa, blogueira de viagens, amante de gastronomia (todos os tipos), enolouca, viciada em fotos, sunset hunter e sempre buscando mais um carimbo no passaporte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios são marcados *

*

Para topo
naro@mailxu.com galkin_emery@mailxu.com