Home / Capa / Sepultamento de um dos principais líderes políticos da região reúne milhares

Sepultamento de um dos principais líderes políticos da região reúne milhares

Morreu na tarde da última terça-feira, 11, no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, o conceituado médico, ex-prefeito de Osasco, deputado estadual Celso Giglio, aos 76 anos. o deputado estava internado há cerca de 60 dias

O deputado Giglio estava internado há cerca de 60 dias após ter sofrido uma queda em sua residência. Nos últimos dias houve muitos boatos sobre seu estado de saúde e após vários dias na UTI. Giglio acabou falecendo.
Celso Giglio nasceu em Campinas em 19 de fevereiro de 1941, filho de Antonio Giglio e de Maria Gatti Giglio, Era viúvo de Glória Giglio e deixa os filhos Giovana, Isabela, Antonio, Celso Júnior e Guilherme, o genro Rubens, as noras Roberta e Stefanie, e os netos João Pedro, Beatriz, Gabriel e Laura.
O médico Celso Giglio chegou em Osasco na década de 60. Foi médico concursado da prefeitura de Osasco e em seguida, convidado a assumir a superintendência da antiga FUSAM (Fundação de Saúde do Município de Osasco. Foi secretário de Saúde de Osasco e presidiu a Associação Paulista de Medicina, Regional Osasco de 1975 a 1977. Pelo sucesso obtido na pasta da saúde, aceitou o desafio e presidiu a FITO entre 1977 a 1980.
Foi eleito vereador e presidente da Câmara Municipal de Osasco, deputado estadual, prefeito por dois mandatos, deputado federal, Superintendente do IAMSPE e estava em seu terceiro mandato consecutivo de deputado estadual. Municipalista convicto ocupou a presidência da Associação Paulista de Municípios por mais de dez anos.

Dr. Celso Giglio é cidadão osasquense e seu nome ficará marcado para sempre na história de Osasco, por ter sido um grande profissional da medicina e um dos maiores políticos do Estado de São Paulo e, especialmente da cidade que o adotou e que ele sempre amou.
O velório aconteceu no Teatro Municipal Glória Giglio e nele além dos familiares, compareceram lideranças comunitárias e empresariais, muita gente humilde da cidade, funcionários municipais, vereadores atuais e ex-vereadores, deputados estaduais Campos Machado, Gilmaci Santos, Delegado Olim, Célia Leão, Barros Munhoz, Marcos Martins, Celino Cardoso, Cezinha de Madureira, Fernando Capez, Wellington Moura, Vaz de Lima, a deputada federal Renata Abreu, ex-deputado federal Roberto Santiago os ex-prefeitos Silas Bortolosso, Guaçu Piteri, Jorge Lapas, Francisco Rossi e Emidio de Souza e o atual prefeito de Osasco Rogério Lins, a vice-prefeita Ana Maria Rossi, Rubens Furlan, prefeito de Barueri e o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin. O sepultamento foi realizado, no entardecer de quarta-feira, no Cemitério Bela Vista.
O prefeito Rogério Lins decretou luto oficial de sete dias no município e o presidente da Câmara Municipal, Dr. Lindoso, decretou ponto facultativo no legislativo osasquense na quarta-feira, 12.

Sobre Wanderley Berrocozo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios são marcados *

*

Para topo
cabrera_rafael@mailxu.com