Home / Colunistas / Ser dois e ser dez e ainda ser um

Ser dois e ser dez e ainda ser um

Uma das minhas bandas preferidas é o Paralamas do Sucesso. Já cansei de escutar milhões e milhões de vezes. Mesmo assim não me canso nunca. Outro dia, em um desses momentos nostálgicos, peguei um CD antigo que não escutava há um tempo. De repente, começa a tocar 2 Margaritas e uma uma frase me chamou a atenção: “ser dois e ser dez e ainda ser um”. Nesse momento tive certeza que Herbert Viana conseguiu verbalizar um dos maiores desafios da maternidade no mundo de hoje.
Desempenhamos vários papéis ao mesmo tempo. Somos mães, esposas, donas de casa, profissionais, entre tantos outras coisas. E no meio de tudo isso, é bem fácil ir perdendo a própria identidade. Cuidamos de tudo e esquecemos de cuidar de nós mesmas com frequência. As prioridades vão mudando e a vida vai passando. Quando nos damos conta, não nos reconhecemos em nós mesmas. Começamos a pensar e tentamos lembrar do que gostávamos de fazer quando tínhamos algum tempo livre. Porque agora, quando conseguimos algum respiro, temos que correr para deixar em ordem as últimas mil pendências que fomos deixando pelo caminho. Frequentemente, me pego tentando lembrar como eu era antes do Matheus e vem em minha memória uma imagem antiga e distante. Fico tentando encaixar as peças e ver o que (ainda) não mudou ali.
Prometo para mim mesma não deixar essa “miragem” ir se perdendo pelo caminho mas logo sou interrompida por um problema no trabalho ou uma demanda com o filhote. E voltamos a estaca zero… Por mais contraditório que possa parecer, é muito comum a gente perder a própria identidade no caminho da maternidade. São mil coisas acontecendo ao mesmo tempo e nos viramos ao avesso para tentar dar conta de tudo. Tudo bem que os filhos mudam muita coisa na nossa vida. Nossa rotina, nossos valores, nossos horários… Porém, a nossa essência é o que nos torna única nesse mundo.
Tentar se encontrar no meio dessa bagunça é um desafio e tanto. Mas, por mais difícil que seja, temos que nos esforçar para continuar sendo duas e dez e, o mais importante, ainda ser uma.

Sobre Paloma Bueno

Paloma Bueno é escritora, produtora e criadora do projeto Filhos.com. Atualmente tenta dividir o tempo entre o trabalho como coordenadora de produção na RedeTV, os cuidados com a casa, o principal papel de todos, que é ser a mãe do Matheus!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios são marcados *

*

Para topo
abadbernie@mailxu.com berdar-ed@mailxu.com