Home / Colunistas / Uma televisão sem reparos

Uma televisão sem reparos

Reparando que nos últimos tempos, a Record parou de passar filmes nos feriados. Era muito chato quando cancelavam novelas reprisadas da tarde para mostrar, principalmente, o “Titanic”.
Falando nisso…
Ainda acho engraçado ver o Marcos Mion em novela. O apresentador interpreta o Emílio em “Bicho do Mato”, Record.
Uma saudade?
De quando programa humorístico apenas me divertia. Hoje a maioria quer discutir política. E pior, apenas por um ponto de vista.
Mudando de assunto…
O jornalismo esportivo não anda em boa fase. Muitas demissões. Por isso mesmo, muitos profissionais estão migrando até para outras áreas. Alguns andam inventando cada coisa. Mas é a vida.
E eu ouvi…
“Sai da televisão e vai ler um livro”.
Eu sempre falei esta frase. Tenha certeza disso. E melhor do que ficar reclamando da televisão é não assistir. Simples assim.
E sempre vejo gente falando mal da Anitta, e cada dia ela faz mais e mais sucesso. Que coisa, não!? Agora estão reclamando da moça cantar o hino nacional no grande prêmio de Fórmula 1 no Brasil. Os “intelectuais” ficam loucos. Parabéns, Anitta!
Sucesso no Brasil é crime.
E eu não sabia que a Sthefany Brito estava trabalhando na Record? Preciso me atualizar.
Leio que morreu o cantor Elson, o incrível interprete da canção “Talismã”. Era sucesso puro. Triste.
Mudando de assunto de novo…
Não vou discutir aqui se o Neto, Bandeirantes, é um bom ou ruim comentarista esportivo. Não é essa a questão. Mas o cara sabe falar com o povo (povo mesmo, não aquela turminha boba de rede social). 
E tem uma coisa que eu gosto, mas ainda acho estranho quando escuto, “temporada”. Esquisito ouvir que vai começar a “nova temporada” do programa A ou B. 
Aquela questão simpática…
O que você mais viu na TV até hoje, reportagem sobre loteria acumulada, reportagem sobre “Horário de Verão” ou reportagem sobre vestibular?
Mas nada mais irritante do que “chocou o Brasil” ou “emocionou o Brasil”.
Para fechar…
Sempre mando mensagens para o SP1 e o SP2 (jornais locais aqui de São Paulo). Algumas vezes estas mensagens são lidas no ar. Sempre repercute bastante. E outro dia ouvi de um amigo…
“Eu achava que era tudo combinado. Agora vi que é sério mesmo”.
 

Sobre Marcio Torvano

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.Campos obrigatórios são marcados *

*

Para topo
reutzel-mindy@mailxu.com heiderman