3 hábitos que os pais podem influenciar a educação dos filhos

Existem muitos hábitos que podem contribuir negativamente na educação dos filhos, mas hoje especificamente quero falar de 3 destes hábitos que requer muita atenção dos pais. Sabemos que as crianças são como esponjas e reproduzem tudo o que assistem em casa, e é por isso que são na maioria das vezes a cópia dos pais. Estimular o diálogo com carinho e disciplina contribui para tornar a convivência mais harmônica. Entre muitos aspectos, quando o assunto é criação dos filhos, é importante que exista um equilíbrio entre educá-los com disciplina, mas sem perder a ternura.
Não existe uma formula mágica quando o assunto é educação de filhos, mas sabemos que o dialogo sempre será o melhor caminho. No entanto, o comportamento, o vocabulário e o amor dos pais é que será determinante na educação dos filhos. Os 3 hábitos que quero comentar hoje faz parte do comportamento dos pais que as vezes nem percebem que estão cometendo um enorme erro. Vejamos:

Discordar na frente dos filhos
Pais com opiniões diferentes e que discutem as divergências na frente dos filhos podem dificultar que obedeçam e passar a ideia de que o limite imposto não é verdadeiro. Pode ocorrer também de os filhos recorrerem a uma ou a outra parte quando souberem onde ganharam um sim. Claro que é normal que o casal não concorde em tudo, mas que seja feita uma conversa longe da criança para definir, em comum acordo, as regras da casa.

O exemplo é tudo
Como já disse as crianças são como esponjas e desde pequenos seguirão o exemplo dos pais e irmãos. Repare que na primeira infância os filhos imitam os sons, as palavras e jeitos dos pais. A criança que simula estar fumando obviamente é porque alguém de seu convívio fuma, uma criança agressiva normalmente aprende com o exemplo de casa. Se a família tem hábitos de se alimentarem com frutas e legumes, é certo que as crianças farão o mesmo com muita naturalidade. É importância ensinar a criança como se alimentar, como se portar, a ter educação, entre outros, mas é certo que, o que mais vai ensina-las será o exemplo dos pais.

Fazer comentários desnecessários na frente das crianças
Sejam pais separados ou com conflitos dentro de casa, a regra é clara: evite fazer do filho um muro de lamentações. A necessidade de denegrir a imagem do parceiro vem da necessidade de obter a cumplicidade da criança. Isso é uma tortura para ela que, muitas vezes, se vê dividida entre o pai ou a mãe, e isso é tão grave que ainda pode incorrer em alienação parental. Em vez de o pequeno se sentir protegido, pode ficar inseguro, não ter um exemplo de afetividade e sofrer com a ausência de harmonia e união da família. Cuidado ao fazer comentários desnecessários na frente das crianças, pois pode criar marcas irreparáveis.
Espero que estes 3 pontos possam ter ajudado em algumas reflexões. Friso, estimular o diálogo com carinho e disciplina contribui para tornar a convivência mais harmônica. Entre muitos aspectos, quando o assunto é criação dos filhos, é importante que exista um equilíbrio entre educá-los com disciplina, mas sem perder a ternura. Tenha um dia abençoado!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here