37 apartamentos da Operação Lava Jato vão a leilão no Jaguaré

Por decisão da 12ª Vara Federal de Curitiba, 37 apartamentos que pertenciam à doleira Nelma Kodama, condenada pela Operação Lava Jato, vão a leilão no dia 10 de dezembro, às 14h. Cada unidade possui área privativa de 16m² e estão entre o 2º e 9º andares do Hotel Villa Lobos, localizado na Av. Jaguaré, zona oeste da capital paulista.  Juntos, os imóveis têm valor inicial de R$ 5,6 milhões.

Na primeira rodada de leilões, que aconteceu no dia 3 de dezembro, o valor inicial de cada apartamento era de R$ 190 mil. Das 38 unidades em leilão, uma foi vendida, para um comprador de Brasília. Para a segunda rodada, o valor inicial é de R$ 152 mil para cada um dos 37 imóveis restantes. O leiloeiro Jorge Nogari garante que a procura é maior na segunda praça. “É comum o pessoal procurar a segunda rodada de vendas para tentar preços mais baixos. Mas há o risco de haver muita disputa e o lance final sair maior do que o inicial, da primeira rodada”, explica.

“Historicamente, os leilões da Lava Jato atraem o público por terem bens de luxo com valores atrativos”, destaca o Jorge Nogari, da Nogari Leilões, empresa responsável por esse leilão e que também já vendeu carros de luxo da própria Nelma Kodama e do doleiro Alberto Youssef.

Além dos preços abaixo do mercado, Nogari aponta outras vantagens na aquisição dos apartamentos, como o fato das unidades serem administradas por sistema de hotelaria, o que confere rendimentos mensais e manutenção constantes. O imóvel também tem uma localização privilegiada, por estar próximo à USP, Ceagesp, parque e shopping Villa Lobos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here