Antes de morrer, osasquense disse: ‘Lu, assalto de novo’

Fonte: G1

A Polícia Civil tenta identificar os assaltantes que mataram um homem em uma tentativa de roubo dentro de sua casa, na manhã de quarta-feira (18), em Osasco. Os criminosos fugiram sem levar nada.

Gilmar Veiga da Silva, de 47 anos, havia saído da casa onde morava com a esposa e duas filhas, uma de 10 e outra de 17 anos, para tentar um emprego em uma empresa de motoristas por aplicativos.

Ainda no portão, ele foi abordado por três homens, que anunciaram o assalto e o levaram de volta para dentro da casa.

“Eu acordei com meu esposo abrindo a porta e falando: ‘Lu, assalto de novo’. Aí os indivíduos entraram no meu quarto e falaram: ‘cala a boca’ e ‘não olha pra minha cara não’”, disse Lucimari Ferreira Veiga, mulher de Gilmar, que tinha sido baleado há 13 anos em outro assalto.

A esposa contou ainda que os bandidos estavam nervosos e que ela tentou acalmar o marido. “Ele reagiu. Falei pra ele: ‘fica quieto, não fala nada’. Aí ele foi pra cima do cara. O cara questionava: ‘uma casa desse tamanho e você não tem dinheiro?’. Aí ele falou: ‘infelizmente não tenho. Tenho R$ 40 pra te dar’.”

O caso foi registrado no 1º Distrito Policial de Osasco como tentativa de roubo e latrocínio. Quem tiver informações sobre os criminosos pode ligar no disque-denúncia, sem se identificar, no número 181.

Na rua, algumas casas têm câmeras de segurança, mas nenhuma delas estava funcionando. A casa do Gilmar fica no bairro Vila Quitaúna, que, apesar de estar a 2 km de um batalhão do Exército e a 1,5 km de uma delegacia, tem fama de inseguro.

Um escritório de contabilidade na região teve as grades arrancadas em um assalto há dois meses. ‘A gente tinha que ter segurança, né? Não dá, a gente não anda com tranquilidade. É um lugar que hoje, infelizmente, a gente não tem tranquilidade pra andar. Tem que estar sempre cuidando, sempre observando”, disse Valéria Cristina, que trabalha como assistente financeiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here