Audax é o novo patrocinador do Vôlei Osasco


Após o término do contrato com a Nestlé, empresa patrocinadora do vôlei campeão de Osasco, o Audax do empresário Mario Teixeira assume o patrocínio do time da cidade capital mundial do vôlei feminino em parceria com a prefeitura municipal de Osasco


 

Na manhã da última terça-feira, 29, no CT do Audax, na Vila Yolanda, o novo projeto do Osasco Voleibol Clube, um dos clubes mais tradicionais e vencedores de nosso país, foi apresentado a dezenas de jornalistas. A equipe para a temporada 2018/2019 que passará a ser chamada de Osasco Audax, está em formação pelo técnico Luizomar de Moura e alguns nomes de jogadoras já foram confirmados, entre eles, Mari Paraíba, Camila Brait e Carol Albuquerque, que na última edição da Superliga defenderam o time osasquense, campeão Paulista e da Copa do Brasil e com grande identificação com a melhor e mais entusiasta torcida do Brasil, a de Osasco. O Audax contará com o apoio da prefeitura e o Ginásio José Liberatti seguirá como palco de grandes jogos.
Presença no evento do prefeito Rogério Lins, acompanhado de sua esposa e presidente do Fundo Social, Aline Lins, secretário de Esporte Carmonio Gonçalves Bastos, diretores do Audax Gustavo Teixeira e Mario Teixeira, técnico Luizomar de Moura, jogadoras Camila Brait e Mari Paraíba. O prefeito Rogério Lins agradeceu a Mario Teixeira, do Audax, clube que leva o nome de Osasco para todo o país e também ao técnico Luizomar. “O projeto Audax com times masculino e feminino de futebol, agora vai se projetar ainda mais para todo o país e o mundo com o time de vôlei. Sempre serei um torcedor do vôlei de Osasco, antes de entrar na política eu já era torcedor. O vôlei de nossas meninas tem uma torcida tão apaixonada que muitos times de futebol não tem. ”, disse Lins que comemora a manutenção do vôlei campeão em Osasco. Luizomar falou de sua alegria e do apoio do prefeito Lins que em momento algum deixou, segundo ele, a peteca cair. “Numa época difícil falar do esporte para o mundo corporativo, só pela grandeza do time de Osasco, o quanto o Liberatti marca para as pessoas com o ginásio lotado e a força do prefeito e com isso as portas se abriram;. Agradeço ao Mario Teixeira pelo apoio ao futebol feminino e agora ao vôlei, que está ajudando para não terminar com uma linda e vitoriosa história. Que a gente continue a representar bem Osasco”. , concluiu Luizomar.
Para Luizomar de Moura, o Osasco Audax vai correr por fora, lutar pelo heptacampeonato paulista consecutivo e tentar ficar entre as quatro finalistas da Superliga e partir em busca do título, mas para o técnico, o primeiro grande título já foi obtido, que é a continuação do projeto que teve início com o BCN, FInasa, Nestlé e agora Audax. Mari Paraíba começou no vôlei de Osasco com 14 anos no BCN. Depois de algumas temporadas despediu-se de Osasco mas na última temporada voltou e disse estar feliz por voltar, agradeceu a torcida, a diretoria e os apoiadores. A jogadora Camila Brait chegou ao vôlei de Osasco há 10 anos. “Osasco é uma cidade acolhedora, aqui fiz minha vida, casei e tive minha filha. Fico feliz pelo projeto continuar”, afirmou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here