Bolsonaro ou Haddad, quem é o melhor para Osasco?

O Correio Paulista reuniu representantes da cidade para falar sobre a importância de eleger Jair Bolsonaro (PSL) ou Fernando Haddad (PT) nas eleições de domingo, 28.
Do lado do Partido Liberal, o representante é o empresário e dentista Alexandre Bussab que nas eleições deste ano tentou uma vaga na Assembleia Legislativa. Bussab é presidente do PSL de Osasco. Pelo lado do Partido dos Trabalhadores, o representante é o ex-prefeito de Osasco e agora deputado estadual Emídio de Souza. O petista é coordenador da campanha de Haddad. Os dois responderam a importância da eleição dos seus candidatos e também o que representa a vitória de um deles para Osasco.

Quem é Jair Bolsonaro?

No primeiro turno das eleições presidenciais, o candidato do PSL Jair Bolsonaro obteve em Osasco 193.461 votos ou 47,98% dos votos válidos. No país foram 49.276.990 votos (46,03%).
Nascido em Campinas, Jair Bolsonaro é um militar da reserva e deputado federal. Está em seu sétimo mandato na Câmara dos Deputados, eleito pelo Partido Progressista. Foi o deputado mais votado do Estado do Rio de Janeiro nas eleições gerais de 2014, com 464.565 votos. Ele é titular da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional e suplente da Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado, além de ter sido membro atuante, em outras sessões, da Comissão de Direitos Humanos e Minorias.
Jair Bolsonaro é conhecido por suas posições em defesa da família, da soberania nacional, do direito à propriedade e dos valores sociais do trabalho e da livre iniciativa. Suas bandeiras políticas são fortemente combatidas pelos partidos de ideologia esquerdista.

Quem é Fernando Haddad?

Na cidade de Osasco, o petista obteve no primeiro turno 75.986 votos ou 18,85% dos votos válidos, no Brasil foram 31.342.005 votos (29,28%dos votos válidos).
Fernando Haddad nasceu na cidade de São Paulo é advogado e professor universitário, foi Ministro da Educação e prefeito de São Paulo. Fernando Haddad foi sócio de seu cunhado Paulo Nazar, no ramo de construção e incorporação. Em 1986, trabalhou no Unibanco, como analista de investimentos. Em 2001, Fernando Haddad foi convidado para a chefia de gabinete da Secretaria de Finanças e Desenvolvimento Econômico do município de São Paulo, na gestão de Marta Suplicy.
Em 2003, foi convidado por Guido Mantega para integrar sua equipe no Ministério do Planejamento em Brasília. Em 2004 assumiu o cargo de Secretário-Executivo do Ministro da Educação Tarso Genro. Em 2005, Fernando Haddad foi escolhido para Ministro da Educação no Governo de Lula.
Em 2012, Fernando Haddad foi eleito para a prefeitura de São Paulo, pelo PT.

 

Alexandre Bussab (PSL)

O Brasil passa por uma situação muito difícil e a população não aguenta mais a má utilização do dinheiro público, onde os impostos são muito altos e não retornam à população de forma correta como na área da segurança, saúde e educação. O Jair Bolsonaro não se vendeu aos partidos e nem negociou o nosso Brasil como tantos outros fizeram. Nós precisamos de mudanças realmente uma pessoa que venha moralizar e resgatar os princípios da família, da moral e do patriotismo.
Osasco tem muito a ganhar pois é uma grande cidade de São Paulo e sofre de todos problemas como nosso Brasil e não só isto, o nosso estado de São Paulo ficou abandonado por décadas, sem o mínimo apoio e nem investimento na área da Educação, Saúde e Segurança. Osasco sempre foi considerada cidade trabalho e hoje o que vemos é desemprego, falta de segurança e saúde entre outros problemas ela no contexto geral como todo nosso Brasil, precisa voltar a andar.

 

Emidio de Souza (PT)

A eleição do Fernando Haddad representa o fortalecimento da democracia. Diferente do outro candidato, Haddad não vai tirar direitos das mulheres, dos trabalhadores, das trabalhadoras, da juventude e dos aposentados.
Ele vai dar início a um novo ciclo de desenvolvimento econômico com inclusão social, garantindo respeito às instituições, fortalecendo os mecanismos de participação popular e melhorando a vida de quem mais precisa.
Haddad foi o melhor ministro da Educação e parte do seu legado pode ser visto em Osasco. Foi graças a ele que hoje a cidade conta com a Universidade Federal, 2 CEUs e de 7 creches construídas no período que fui prefeito. Como presidente, tenho certeza de que Haddad vai ajudar Osasco a sair da crise, garantindo investimento em educação, saúde, segurança e implementando medidas para a geração de emprego e renda.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here