Brasil já escolheu o culpado!

O torcedor brasileiro sempre foi muito imediatista e bipolar em suas opiniões, principalmente quando o assunto é o futebol. Não é de hoje que o craque da quarta-feira, vira a porcaria do fim de semana, tudo muda depois de 90 minutos, e então o jogador que era contestado, passa a ser gênio, mas no próximo jogo ele pode voltar a ser aquele que não serve, caso não repita atuação do jogo anterior.

Mas além desta bipolaridade imbecil, outro aspecto que envolve o torcedor brasileiro é a mania de se procurar um culpado para explicar uma derrota, um fracasso ou um mal desempenho. Em se tratando do futebol isso é cada dia mais inaceitável. É preciso entender que o futebol é um esporte coletivo e não individual. Ninguém vence ou perde uma partida sozinho, se o pensamento de quem assiste é esse, é melhor mudar do futebol para o tênis, que é um esporte individual e permite que uma pessoa decida um jogo.

Quando um time não consegue construir jogadas, não é culpa apenas de um jogador, é de todo o conjunto e não apenas dos meias e dos atacantes. O mesmo acontece quando se sofre um gol, não é apenas culpa do zagueiro, mas de todo o time que permitiu que o adversário tivesse essa oportunidade de gol.

É impossível no futebol culpar um jogador para explicar o desempenho ruim de uma equipe.

Mas no Brasil isso acontece com freqüência, o brasileiro não sabe perder e sempre tem a necessidade de encontrar um culpado. Parece que vai se sentir melhor caso eleja um para crucificar, assim como aconteceu com Julio Cesar, Dunga e Felipe Melo após a eliminação para a Holanda na Copa de 2010. Rigorosamente igual a Copa de 2014, desta vez os alvos foram Felipão, Parreira e o choro de Thiago Silva.

E no Mundial da Rússia o Brasil já escolheu quem será o responsável por um eventual fracasso. O eleito é o atacante Neymar, o melhor jogador brasileiro em atividade no mundo, o único que faz algo diferente dentro do campo. Até hoje não consegui entender porque Neymar é tão esculhambado pela torcida brasileira nos jogos da Seleção.

Evidentemente que o Brasil não jogou o seu melhor futebol contra a Suíça, o time não produziu como nos amistoso e nas eliminatórias, consequentemente o futebol do Neymar não apareceu, mas ainda foi o único que tentou algo diferente para mudar o panorama da partida, mas tudo faz parte do conjunto. Se taticamente a equipe não vai bem, é praticamente impossível um jogador se destacar.Mas o fato é que o Brasil já tem um culpado pelo fracasso na Copa do Mundo de 2018 e o nome dele é o Neymar. Porém, também é um fato que Neymar marcando gols e decidindo o jogo, o camisa 10 já volta a ser gênio na próxima rodada da Copa e assim segue o futebol brasileiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here