Encruzilhada

Desde o início de 2017, o presidente da Câmara de Osasco, Dr.Lindoso (PSDB), se declarava pré-candidato a deputado estadual em 2018, numa dobrada com a deputada federal Bruna Furlan (PSDB) candidata à reeleição. Porém, com o passar do tempo e, em virtude dos últimos acontecimentos, a coisa mudou. Claudio Piteri (PPS) e Francisco Rossi (PR) receberam o aval da família Furlan e se apresentam como pré-candidatos a deputado estadual numa dobrada com Bruna Furlan. Aí vem a pergunta: e o Dr. Lindoso como fica? Sairá candidato num dobrada com a Bruna, dobrará com um outro candidato ou vai tirar o time de campo?

Mau-caráter
Não são só alguns políticos a quem podemos chamar de bandidos, cafajestes, ladrões. Na nossa sociedade temos cafajestes e bandidos em todas as classes e nesta greve dos caminhoneiros pudemos identificar alguns deles, que aproveitaram a situação até desesperadora de muitos brasileiros, para majorar os preços de seus produtos e serviços em porcentagens elevadas, não demonstrando solidariedade, espírito humanitário e muito menos remorso com a exploração do próximo. O problema maior do Brasil é o brasileiro.

Governo ético, povo ético
“Não existe sociedade humana onde o Estado seja corrupto e a população honesta e não existe sociedade humana onde a população seja corrupta e o estado seja ético. Em todos os países do planeta governos transparentes e não corruptos, significa sociedade respeitadora de regras éticas.”

Cortar gordura
Na sessão ordinária da última terça-feira da Câmara Municipal de Osasco, o vereador Didi (PSDB) levantou duas novas questões, redução do número de vereadores e também o número atual de secretarias municipais. Segundo o vereador, nos dois casos não há necessidade dos números atuais. E o enxugamento significa economia aos cofres públicos. Didi atua na contramão de alguns vereadores, que sempre defenderam o aumento do número atual de cadeiras no legislativo de Osasco e com amparo da lei que no caso de Osasco, poderia ser de até 27 cadeiras.

Benfeitor
Quando a Nestlé encerrou o contrato com o Voleibol Osasco, numa época de tantas incertezas no país e com o empresariado com o freio de mão puxado, imaginava-se que poderia ter fim o Vôlei Feminino de tanta tradição e conquistas e com a torcida mais entusiasta do país. Porém mais uma vez entra em campo o cidadão Mario Teixeira, que a duras penas mantém o futebol masculino e também o feminino nas mais diversas competições. E não deu outra, o Vôlei Campeão continua agora com a chancela do Audax.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here