Erros que os pais cometem e afastam os filhos adolescentes

Ser pais de adolescentes é um grande desafio. Exigira de nós muito investimento em amor, uma demanda grande de tempo e dedicação total. Isso se houver a intenção de ter bons filhos e vislumbrar um futuro digno a eles. Uma das partes mais difíceis de se manter, é sempre o bom relacionamento. Por isso, vamos a algumas dicas para ajudar a manter a paz e evitar alguns erros comuns cometidos por muitos pais de adolescentes.

Os adolescentes se acham sabedores de tudo, maduros e donos do próprio nariz. Não cometa o erro de tentar controlá-los com imposições. Obviamente que precisam “sim” dar satisfações, então, o ideal é trata-los com respeito, assim é certo que retribuirão. Neste quesito seja amigável, amoroso e compreensivo para que ganhe a confiança dos filhos e automaticamente esteja por dentro de sua vida.

Super proteção e cobranças perfeccionistas… é comum os pais colocarem defeitos em todos os amigos e, principalmente, nos namorados que os adolescentes têm. O resultado de tantas críticas é que os filhos passam a esconder namorados e amigos dos pais. Eles perdem a vontade de apresentar pessoas com quem convivem e começam a ficar mais na rua do que dentro de casa.

Os pais devem explicar as razões que os levam a proibir determinados comportamentos. Explique o porquê de um “não”. Explique o que gera riscos e pode ser fatal. Explique que toda atitude traz consigo responsabilidades. Por isso manter o diálogo faz toda a diferença.

Deixo-os descobrirem o mundo sem minimizar as descobertas. Se incentivarmos a encararem os desafios e deixarmos viverem experiências, ainda que se frustrem, certamente isso os fortalecerá. Sempre esteja presente para bons diálogos, mas, somente ajude a pensar estimulando possibilidades.

Se algum dia seu filho quiser ir a uma festa, ou viajar com a família de um amiguinho, ou até mesmo ir somente dormir da casa de alguém não se desespere. Se achar que é coerente ou que seja um bom momento, deixo-o, mas, para que você tenha segurança converse com os pais dos amigos para alinhar bem a conversa e garantir quer tudo corra bem, pois, esta simplicidade pode aproximar amigos, pais e filhos.

Na adolescência, é comum os filhos terem vergonha dos pais. Tente compreender isso. Existem particularidades que só os pais sabem, mas que o jovem não quer que sejam reveladas. Evite expor e constranger seus filhos por mera gozação ou exemplo para outros. Não tente ser amigo dos amigos dos filhos e evite falar muito sobre os gostos dos deles, pois, pode dar ruim as conversações. Antes, sejam pais e mantenham a postura e autoridade de pais.

Na transição para adolescência acaba se tornando uma fase de muitas cobranças e não exagere nisso. Não podem apenas cobrar. A cobrança precisa ser intercalada com carinho, diversão, momentos descontraídos e muito diálogo.

Os filhos crescem e não entender isso pode gerar muitos conflitos. Naturalmente na adolescência os filhos passam a testar cada vez mais seus limites, autonomia e independência e o grande erro é tentar trata-los como crianças impedindo suas decisões.

A “Série Pais de Adolescente” tem o objetivo de abranger tanto quanto puder a mente, o comportamento e as armadilhas que de rodeiam a vida da criança e do adolescente. Trabalharemos muitos artigos sobre diversos temas, tendo em vista a necessidade de como identificar e até mesmo como lidar com situações referente aos assuntos… não deixe de ler os outros artigos desta série nas Colunas do Jornal Correio Paulista com o colunista Gilson Biondo ou no site www.gilsonbiondo.com.br e pode assistir os diversos vídeos no YouTube Escola de Pais – Gilson Biondo.

Vamos juntos aprender a educar e a amar os nossos filhos. Tenha um dia abençoado.

CONTINUA…

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here