Estudante osasquense conquista medalha de ouro no atletismo na maior competição escolar do mundo

A Gymnasiade é a maior competição escolar do mundo e este ano acontece no Marrocos/Turquia no período entre 2 e 9 de maio. São mais de 4000 atletas de 51 países e a equipe brasileira tem a maior delegação do evento, com 278 pessoas, competindo em 10 das 17 modalidades disputadas na competição.

Na delegação brasileira, um osasquense, João Carlos dos Santos Junior, aluno da Escola Estadual Professor José Maria Rodrigues Leite, no Campesina, e atleta do Professor Lino, servidor efetivo da Prefeitura de Osasco. Jotinha como é conhecido entre os colegas é filho de ex-atletas e agora comemora a conquista de uma medalha de ouro em uma competição internacional.

João Carlos conquistou para o Brasil o ouro na disputa do revezamento Medley . A vitória de Jotinha vem somar aos bons resultados alcançados pelo atletismo de Osasco, mesmo com as dificuldades, a equipe treina provisoriamente no Borboletário.

Além do ouro de Jotinha na Gymnasíade, Osasco foi ouro no Salto Triplo com Ulisses Mateus, prata com Jeremias Daniel e prata para Thaina Fernandes no salto em distância, no Campeonato Brasileiro sub 23 realizado em Porto Alegre/RS no final do mês de abril. Nesta terça-feira (09) a equipe também garantiu presença na final estadual dos Jogos Abertos da Juventude, que acontece em Franca, de 28 a 30 de maio.

2 COMENTÁRIOS

  1. Uma pena q não temos patrocínio de esportes! Temos q gastar com segurança, programas de reabilitação para jovens drogados, adolescentes com gravidez precoce e o Estado aí sim tendo q “patrocinar”… inverteram o tempo de cada coisa….

  2. Lamentável que a prefeitura de Osasco trate o esporte, sobretudo o atletismo, com tanto descaso.
    Desde o início do ano, os atletas estão proibidos de utilizar a pista de atletismo que utilizavam anteriormente.
    A Associação Desportiva Atletismo Brasil – ADAB solicitou, por meio de ofício endereçado ao prefeito e ao secretá rio de esportes pedindo explicações desta proibição e provisões para uma resolução e sequer recebeu uma resposta.

    Mesmo assim estes atletas continuaram e continuam treinando, ainda que precariamente, e tiveram uma substancial conquista e estão de parabéns!!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here