Eu não canso da televisão

Estreou na Globo o “Só Toca Top”. Um simples programa de TV que toca sucessos do rádio. Nada novo, mas que sempre agrada. O rádio sempre dando aquela ajuda para a televisão. Luan Santana e Fernanda Souza apresentaram muito bem.
Única coisa que eu não gostei foi da falta de iluminação do palco. Para um programa no período da tarde, precisa ter mais luz.
E enfim, a Globo reprisou o especial do “Chacrinha”. Mas se o apresentador estivesse vivo e na ativa… Seria mais um humilhado e xingado pelo politicamente correto e turma do mimimi. Como acontece com o eterno e maravilhoso Silvio Santos.
Terminou a “Copa do Mundo”. No final, o balanço foi positivo tanto no rádio como na televisão.
Falando em televisão…
Galvão Bueno mostrou que ainda é bom. E os locutores da Globo também fizeram bom papel.
Vi muita gente surpresa com o Arnaldo César Coelho, comentarista de arbitragem, anunciando aposentadoria. Não foi nenhuma novidade. Ele já tinha falado sobre isso em várias entrevistas.
Só uma curiosidade, o que minha mãe mais fez durante jogos do Brasil foi assistir missa na televisão.
Acho que só não gostei mesmo do jornalismo puxa saco que algumas vezes acontece na Globo durante jogos do Brasil.
Aproveitando…
Continuo incomodado com ex profissionais da Globo que agora estão em outra emissora e cospem no prato que comeram. Lamentável.
E eu nem lembro se já disse, mas…
Gosto muito da abertura de “As Aventuras de Poliana”, SBT. Minha mãe também.
O ruim dessas novelas infantis do SBT é o tempo de duração. Duram anos e anos.
Falando da Record…
A emissora do bispo está reprisando toda quinta “A Lei e o Crime”. Ótima série. Estou adorando. Não assisti quando passou pela primeira vez. Saudade de quando não existia apenas novela religiosa. Era tudo tão bom.
Falando novamente da minha mãe…
Dona senhora continua adorando o “Minha Mulher Quem Manda”, quadro do programa da Eliana no SBT. Ela ri muito. No último domingo, teve uma edição especial com famosos. Sinto que em breve o quadro vai virar um programa solo.
Acho engraçado quando alguns “moderninhos” descobrem certos programas. Agora, ultimamente, observo muitas pessoas falando bem do “Programa Raul Gil”, no SBT. Essa gente pensa que o mundo começou no ano 2000.
Ainda no SBT…
Continuo torcendo para que a turma do “Pânico” apareça na emissora do Patrão. Sem falar que torço também pelo ótimo William Waack.
Para fechar…
Não acho graça quando o Faustão, Globo, mostra bastidores do “Show dos Famosos”. Cansativo.
 
 
 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here