Excelente conversa

Esta semana, atendendo um convite visitamos o Ministério Público Estadual do Estado de São Paulo sediado em Osasco. Uma recepção carinhosa do Promotor Gustavo Albano Dias da Silva que fez questão de deixar claro não gostar de entrevistas para falar dos seus procedimentos. “Não quero correr o risco de prejudicar alguém que está sendo investigado, afinal pode-se provar a inocência no decorrer das apurações”, disse. Em contrapartida deixou as portas de seu gabinete aberta a todos os interessados. “Estamos aqui para atender a população”. Dos processos que estão em investigação, ele destacou: Empresas de ônibus de Osasco; coleta de lixo na cidade; duas ações sobre o prefeito Rogério Lins e a reta final do Cemitério Parque dos Girassóis (Antigo Flamboyant) que em acordo com a empresa todos os prejudicados serão ressarcidos. Falou também sobre as investigações da Operação Caça Fantasma que resultou na prisão de 12 vereadores ao final de 2016. “Isso termina até o final do ano com a decisão final da Justiça, que pode resultar em condenações ou absolvições”, esclareceu Albano.

 

Gaspar deve abandonar candidatura 

Nem bem começou e o ex-vereador Carlos José Gaspar que foi oficializado candidato a deputado federal há poucos dias pelo PDT já pensa em desistir da sua candidatura.  “Estou me sentindo abandonado pelo partido”, disse o renomado médico reclamando que as portas fecharam após a executiva verificar que foi visitar um candidato a deputado estadual de outro partido. “A executiva chamou minha atenção”, disse. Segundo o candidato, ele lidera as pesquisas de intenções de votos para deputado federal na cidade. “Mesmo em primeiro, o partido não está me ajudando, sinto falta de material e de pessoas trabalhando na minha campanha”. Desabafou Gaspar em entrevista ao Correio Paulista que acredita estarem preocupados com a eleição da candidata a estadual. E não com a dele”.

 

Por enquanto não vem 

Semana passada, noticiamos a vinda de Jair Bolsonaro a Osasco. Tal informação veio do comitê de campanha. Agora, o PSL de Osasco comunica que a vinda do presidenciável Jair Bolsonaro marcada para o próximo domingo, dia 26, está cancelada. Os motivos são diversos compromissos assumidos e que Bolsonaro teria pouco tempo para ficar na cidade. Com isso nova data será divulgada em breve, garante o diretório do partido. Outro detalhe, também, seriam as acomodações para um público estimado acima de dez mil pessoas.

 

Quem procura acha

Determinado prefeito da região, que se diz muito empenhado em ajudar uma candidata a deputada federal, mostra que na realidade está mesmo empenhado a colocar uma trava na engrenagem. Simples entender que ao abandonar a imprensa em período eleitoral só pode haver esta definição; a de “melar” todo o esquema. Esse que vos escreve têm bons motivos para as críticas. Deixar claro que sempre fui correto e muitas vezes discreto naquilo que critico. Deixo de colocar os devidos nomes para deixar essa mensagem a quem interessa. É triste ver a maioria dos colegas que se vê na situação de não ousar criticar, somente falar para as paredes. Eu não. Não preciso de apoio de políticos para minha sobrevivência. Como exemplo, o jornal de minha propriedade sem nunca depender de verba municipal ou estadual e que durou anos. Material para criticar tem à vontade. Se quiserem aceitar o desafio, eu topo. Prefeito tem seu tempo de vida. Jornalista, apenas quando Deus leva. Tá dado o recado. 2020 tá logo ali. Estamos de olho.

 

Muito importante

O vereador de Osasco Mario Luiz Guide-PSB quer, através de proposta à Lei Orgânica do Município, disciplinar competência aos vereadores para fiscalizar os secretários municipais. Para ele essa medida é de suma importância para ações mais eficazes para a administração pública. “A criação do inciso XXII do artigo 28 visa dar aos senhores vereadores um instrumento importante para o acompanhamento do trabalho dos secretários do prefeito”, esclareceu Guide.

 

Alckmin e as dificuldades na eleição

Sem levar em conta que depois de dois debates para presidente as pesquisas continuam inalteradas, o candidato Geraldo Alckmin é o que mais sofre com as rejeições que vem obtendo em sua candidatura. Não bastasse isso, agora sérias denúncias ocorridas em seu governo envolvendo trens da CPTM e o Metrô. A esperança tucana é o tempo na TV que inicia no dia 31 de agosto. O tempo disponibilizado a Alckmin é o maior dos que concorrem. Chega a quase 18 minutos diários. Alguns acham que mesmo assim o ex-governador não deve deslanchar. Com Lula com 37%, conforme a última pesquisa Ibope, Alckmin continua em baixa e nem está com dois dígitos.

 

Saúde é o que interessa

Para o presidente da Câmara de Osasco, Dr. Elissandro Lindoso (PSDB), grandes temas serão o centro das preocupações caso eleito deputado estadual e dentre eles a saúde que é um bem essencial. “Os serviços nessa área precisam melhorar para atender todo e qualquer cidadão de modo adequado”, afirma. Entre as ações que ele se compromete a realizar, se eleito, será cobrar do governo do Estado a imediata retomada do atendimento do Pronto Socorro do Hospital Regional de Osasco. “Será ponto de honra para mim”, diz. Ele também quer novos serviços de saúde como a construção de um Centro Oftalmológico de alto nível e também de um Centro de Captação e Doação de órgãos.

 

Antes só 

Sem coligações, o Deputado Estadual, Gil Lancaster (PSB) aposta no trabalho diferenciado que desenvolveu nos últimos três anos e meio na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) para conquistar a reeleição neste. O parlamentar é recordista de projetos encaminhados na Alesp, com mais de 365 Projetos de Leis, destes, 51 aprovados. Diferente da eleição passada, quando contou com o apoio de diversos políticos da região de Barueri (sua base eleitoral), para a campanha deste ano, Gil Lancaster terá menos parlamentares ao seu lado no palanque. “Sou muito grato ao ex-prefeito de Barueri, Gil Arantes, por ter me apoiado e incentivado na última eleição. E, apesar de estarmos em partidos diferentes, o respeito segue o mesmo”, diz o deputado.

 

Gostou e está de volta 

A empresária Janete Evangelista, proprietária de uma academia no Conjunto dos Metalurgicos, ao que parece gostou mesmo da política. Em 2016, iniciante, disputou uma vaga para a Câmara Municipal de Osasco.
E agora, passados dois anos, ela vem candidata a deputada federal pelo PRP.
Sua dobrada é com o candidato a deputado estadual o vereador Daniel Matias.
A jovem está registrada como Janete Fitness. “Eu acredito em minha candidatura. As mulheres tem que fazer a diferença”, disse a candidata.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here