Fórum de Barueri está com 80% das obras concluídas

Falta pouco para que o atendimento do Poder Judiciário passe a funcionar em novas instalações, na Vila Porto (bairro Boa Vista). Em fase de acabamento interno e externo de construção, na avenida Sebastião Davino dos Reis, o novo prédio do Fórum da Comarca de Barueri está previsto para conclusão em março de 2019.
O Fórum de Barueri terá 12 salas de promotores, 12 salas de juízes com audiências, hall de entrada, 10 cartórios e 234 vagas de estacionamento (38 para promotoria, 58 para juízes, 89 voltadas ao público e 49 privativas).
Serão 16.408 metros quadrados de área construída, com três pavimentos: térreo, inferior (garagens) e superior – pisos erguidos em terreno doado e construído pela Prefeitura de Barueri. Terá ainda outras instalações como varas, tribunal do júri e celas; bancos, dormitórios para jurados, recepção, tesouraria, protocolo e arquivo.
De acordo com o projeto, o complexo terá espaços que permitirão acessos separados aos presos, juízes, promotores, advogados e familiares dos detentos em dias de julgamentos. Os magistrados, por sua vez, poderão chegar às suas salas e aos locais de audiências de forma independente – utilizando-se de elevadores e passarelas.
A Comarca de Barueri foi criada pela lei nº 5121 em 1958 e instalada no ano de 1964. Atualmente tem seis varas cíveis, duas criminais, uma Vara do Juizado Especial Cível e Criminal e uma Vara da Fazenda Pública e um Juizado Digital.
Denominado “Desembargador Breno Caramuru Teixeira”, o atual prédio do Fórum da Comarca de Barueri foi inaugurado em 26 de abril de 1969. Soma 3.222 metros quadrados de área construída e área total de 4.972 metros quadrados. Segundo a diretoria da Associação Paulista dos Técnicos Judiciários (Apatej) o atual Fórum, inaugurado em 1969, é considerado insuficiente para o volume de trabalho e pelo crescimento da Comarca. “Será um grande ganho para todos os servidores do judiciário e para a população”, diz o presidente Mario José Mariano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here