Minha televisão não faz greve

Globo cortou o pódio da Fórmula 1 para falar (mesmas coisas de sempre) de greve de caminhoneiros. E nesta segunda, pelo mesmo motivo, Record cortou “Bicho do Mato”. Lamentável. Mais um bom motivo para eu não apoiar greve alguma. E não adianta reclamar, não apoio mesmo.
Apesar que, pior é quando um programa não tem fim por causa de jornalismo repetitivo.
Mudando de assunto…
Minha mãe adorou ouvir e ver o Silvio Santos cantando e falando algumas palavras “feias” na televisão.
HAHAHAHAHA
Uma dedução.
Jornalista, principalmente esportivo, trabalha muito com dedução. E muitas de suas deduções dão certo. Alguns são mais sérios e levam tudo isso na boa. Já outros preferem fingir que sabem tudo. Sem falar daqueles que adoram dar notícias óbvias.
E ultimamente muitos artistas estão pedindo emprego pelas redes sociais. Última pessoa que fez isso foi a ótima Norma Blum. Atriz que atualmente está no ar na reprise de “Celebridade”, “Vale a Pena Ver de Novo”, Globo. Triste situação.
Uma pesquisa estava perguntando quais novelas que eu mais gostei na vida.
Minha preferida é “Tieta”. Depois gostei mais de “A Próxima Vítima”. E na sequência, sem ordem definida…
“O Cravo e a Rosa”, “Avenida Brasil”, “A Viagem”, “Renascer” e “Por Amor”.
São todas novelas da Globo. Gostei de algumas da Record, mas o problema que são longas demais e acabam se perdendo no meio do caminho.
Queria dizer que eu já estou ansioso pela Retrospectiva da Globo em dezembro.
Voltando para novelas…
Em breve teremos “Belíssima” no “Vale a Pena Ver de Novo”, Globo. Sinto que vai ser a novela que eu mais vou assistir. Ao lado de “Bicho do Mato”, Record.
Ainda sobre minha mãe…
Uma coisa que ela pouco ligava e agora adora assistir é a previsão do tempo. Principalmente por causa da Maria Júlia Coutinho. Eu sou do tempo do Felisberto Duarte, o Feliz, SBT. E com o seu inesquecível bordão, “E Piriri, e Pororó”.
Mais um assunto…
Acho meio bobo quando o jornalista ao falar da seleção brasileira mostra que está torcendo.  Pode até torcer, mas ser neutro na hora da informação é bem melhor.
Sabe uma coisa que eu estava pensando?
O “Sai de Baixo” é reprisado todo sábado na Globo. Foi um grande programa. Fez história na televisão. Lembro de pessoas cancelando compromissos por causa da turma do Arouche. Agora, achava que essa reprise seria muito mais comentada e vista.
Não tem nada a ver, mas…
Eu não sigo modinhas. Graças a Deus!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here