O brilho da minha televisão

E o “Vídeo Show”, Globo, voltou. Mais chato do que nunca (ele não era chato). Não o programa, mas sim o joguinho dos apresentadores. Quer dizer, apresentadoras. Muita gente na tela. Algumas ex-BBB e mais Sophia Abrão. Tudo muito forçado. Nesse tipo de programa, o apresentador é apenas um detalhe. Menos é mais.
Programa de televisão não pode ter apresentador que parece não conhecer televisão. O passado da televisão.
Vamos rezar para que tudo melhore.
Mudando de assunto…
E toda semana um famoso é rotulado de racista ou machista. Aquela “turma do bem” vive patrulhando o mundo.
Falando nisso…
Parabéns para Betty Faria. Ótima . E que verdadeiramente foi amiga do José Mayer. Não seguiu modinha e deu o maior apoio para este fantástico ator.
Sobre o fim de “Onde Nascem Os Fortes”, Globo…
Foi minissérie que começou muito boa e meio que se perdeu com o tempo. Parei de assistir. Mas, na última segunda-feira aconteceu o último capítulo. Foi bem legal e até gostei. Foi bem diferente.
Só uma coisinhas…
Artista dá opinião de tudo. Sempre passa aquela impressão que o sujeito é perfeito e que o mundo está errado.
E quando o programa jornalístico fica duvidando da versão oficial da polícia? Jesus!
Uma atriz que está na Record e faz muita falta na Globo é Beth Goulart. Vem de uma família com muito talento. E histórica.
Falando em Record…
Depois da ótima “Bicho do Mato”, vem aí “Essas Mulheres”. Novela que originalmente foi ao ar em 2005. E teve “apenas” 149 capítulos. Uma trama de época. Estou curioso para assistir.
Gretchen e programa da Sônia Abrão. Uma combinação perfeita. Gosto muito.
E programa de televisão precisa ser simples. O simples sempre dá melhor resultado. Isso eu acho que falta no “Melhor da Tarde”, Band. O programa da ótima Cátia Fonseca ainda não se achou.
Silvio Santos, por exemplo, faz qualquer brincadeira “boba” e simples ficar sensacional. E sempre agrada.
Sobre um ator que eu gosto…
O cara já fez muitos papéis na Record e no SBT, e alguns na Globo, Daniel Andrade. Pesquise sobre o cara, ele é muito bom.
Um assunto nada a ver, mas…
Rádio e televisão precisam cada vez mais de gente apaixonada por comunicação. Gente que fica com os olhos brilhando dentro de um estúdio.
Para fechar…
Acho sempre muito estranho quando um assunto do nada volta com tudo na mídia. Papo velho e repetido.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here