Pinóquio

No evento suprapartidário promovido por alguns partidos de Osasco, em apoio ao candidato ao governo de São Paulo, Marcio França, realizado na quinta-feira, 30, na Câmara de Osasco, o presidente municipal do Partido Verde, Carlos Marx, entre outras coisas disse: “Temos que impedir que o Pinóquio que não honra a palavra, possa vencer a eleição”. Deduzimos que ele refere-se ao candidato ao governo do estado, João Doria, que eleito prefeito da capital paulista em 2016, renunciou ao cargo com pouco mais de 15 meses no comando da prefeitura para se candidatar a um voo mais alto.

Tá nem aí
Há alguns dias, como já aconteceu em meados do ano passado, apresentamos a uma determinada pessoa, algumas situações e soluções para uma melhoria no seu futuro político. Como sempre, educadamente ouviu e até concordou com o exposto, mas na prática, nada fez para mudar o cenário e tudo continua como antes. Parece estar cego, rodeado de puxa-sacos, que talvez façam sua cabeça, dizendo que tudo está bem e que ele é um sucesso, contrariando a maioria das pessoas que o criticam. É hora de mudar, ainda dá tempo de escrever uma outra história, bem melhor do que a atual.

Palácio dos Bandeirantes
São doze (12) os pretendentes a ocupar o cargo de governador e nessa disputa, os atuais trinta e cinco (35) partidos políticos aptos a participar das eleições, estão assim divididos:
Edson Dorto (PCO) – João Doria (PSDB – DEM – PSD – PRB – PP – PTC) – Luiz Marinho (PT – PC do B) – Major Costa e Silva (DC) – Marcelo Candido (PDT) – Márcio França (PSB – PSC – PPS – PTB – PV – PR – PODE – PMB – PHS – PPL – PRP – PATRIOTA – PROS – AVANTE – SOLIDARIEDADE) – Paulo Skaf (MDB) – Prof. Claudio Fernando (PMN – REDE) – Profª Lisete (PSOL – PCB) – Rodrigo Tavares (PRTB – PSL) – Rogério Chequer (NOVO) – Toninho Ferreira (PSTU).

Do quartel ao parlamento
Entre os 129 candidatos a deputado estadual do PSL no Estado de São Paulo, 28 são oriundos da polícia civil e militares de patentes menores até as maiores, correspondendo a 21% do total. Nunca, em nenhuma eleição após 1985, vimos tantos militares participando da disputa de um cargo eletivo. Mas tem mais, há militares candidatos, mas em porcentagens menores, em outras agremiações políticas.

Cartão de prata
Na próxima terça-feira, 11, às 19 horas, no Plenário Tiradentes da Câmara de Osasco, acontece sessão solene para entrega de cartão de prata a duas personalidades do esporte, Silvia Helena Fioravanti Ferraz, uma das maiores responsáveis pelo sucesso da ginástica osasquense e ao professor e técnico Luizomar de Moura, pelo trabalho e conquistas do vôlei feminino da “capital do vôlei feminino”, que é Osasco. a homenagem foi uma iniciativa do vereador Alex da Academia e a propositura foi aprovada por todos os vereadores.

Socorro

“Trabalho na Avenida dos Autonomistas ao lado do que foi um dia uma Base Comunitária da Guarda Civil Municipal de Osasco. Depois de algum tempo ela foi fechada e passou a ser base do Samu e na sequência desativada. O imóvel foi então invadido por moradores de rua. Depois de reclamar à prefeitura e aos vereadores, a guarda começou a fazer vistoria algumas vezes ao dia e os moradores sumiram mas só foi a guarda também sumir para os moradores retornarem. O imóvel da prefeitura virou um depósito de lixo com um mau cheiro insuportável e por este motivo, peço ajuda para acabar com esse transtorno bem no coração de Osasco”.

Infiel
Com raras exceções, nestas eleições o que mais se vê é a infidelidade partidária. Para ser eleito o cidadão filia-se a um dos trinta e cinco (35) partidos, mas depois de eleito, dança de acordo com a música, traduzindo, seus interesses pessoais e passa a apoiar, como agora nas eleições de outubro, candidatos de outras agremiações políticas.

Vá entender!
No mercado há várias empresas especializadas em recuperar ao motorista infrator a CNH que foi cassada ou suspensa. Você comete infrações de trânsito, atinge uma determinada pontuação e sofre as sanções previstas em lei. Num país sério você seria punido. Mas em nosso país, aquele que foi penalizado com a CNH suspensa ou cassada, pode voltar a dirigir graças ao empenho dessas empresas, que até anunciam em rede nacional a sua capacidade de recuperar as CNH cassadas ou suspensas. Que país é esse?

Apoio de peso

Na noite da última terça-feira, após participar de um ato em prol de sua reeleição, o governador Márcio França esteve no Restaurante Cabaña Osasco, onde jantou com prefeitos da região, vereadores e candidatos. Entre os presentes, os prefeitos Rogério Lins (Osasco), Marcos Neves (Carapicuíba), Gregório Maglio (Pirapora do Bom Jesus), Lili Aymar (Araçariguama) e Josué Ramos (Vargem Grande Paulista).
Na oportunidade, o ex-secretário de Saúde de Osasco, Gelso Lima afirmou ser uma honra receber o governador Márcio França. “Conte com nosso apoio”. Na ocasião, o governador gravou um vídeo declarando apoio a Gelso Lima. “Gelso é um excelente candidato a deputado estadual, pessoa correta, idônea e trabalhadora. Estamos juntos”, destacou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here