Rossi quer colocar sua experiência política em prol do povo paulista

O pré-candidato a deputado federal Luiz Carlos Motta junto com Francisco Rossi, pré-candidato a estadual

O PR de Osasco presidido pela vereadora Ana Paula Rossi, promoveu encontro com lideranças e formadores de opinião sobre temas relacionados às próximas eleições. Na ocasião o partido da república anunciou de forma oficial a dobrada entre luiz carlos motta e o ex-prefeito Francisco Rossi


O pré-candidato a deputado federal Luiz Carlos Motta junto com Francisco Rossi, pré-candidato a estadual

 

Na terça-feira, 7, no Buffet Platinum na Vila Campesina em Osasco foi realizado um evento com as participações entre outras, da vereadora e presidente do PR Municipal, Ana Paula Rossi, Ana Maria Rossi, vice-prefeita de Osasco, Francisco Rossi, ex-prefeito e ex-deputado federal e do presidente da Federação dos Comerciários do Estado de São Paulo (Fecomerciário) Luiz Carlos Motta.
Segundo Ana Paula, o encontro entre outros assuntos, foi para o anúncio oficial dos pré-candidatos do Partido da República (PR) nas eleições de outubro. Francisco Rossi a deputado estadual numa dobrada com Luiz Carlos Motta, a deputado federal.
Rossi agradeceu a presença do candidato Motta. “Estou feliz com a presença do Motta, trata-se de uma chapa com dois integrantes do PR. Motta já foi candidato a federal em 2014 por uma outra agremiação, obtendo 94.992 votos, não sendo eleito, mas agora tem tudo para obter sucesso em outubro.”
O ex-prefeito disse que a opção por sua candidatura foi uma escolha familiar. “Ser candidato estava fora do meu projeto de vida, mas a Ana Paula houve por bem desistir de sua candidatura”, disse. A presidente disse que era a pré-candidata do PR. “Existia sim a possibilidade, eu era pré-candidata, a política é dinâmica, mas as circunstâncias eram outras, havia um comprometimento político com a minha candidatura, mas diante do cenário, sou uma pessoa com os pés no chão, achei interessante não sair candidata. Analisei o cenário e o partido achou que a chance de eleição seria maior com o meu pai, porque tem votos não só em Osasco e região, mas também no Estado, até em virtude de ter sido secretário estadual e candidato ao governo do estado obtendo quase 7 milhões de votos em 1994.”
Ana Paula entregou os bastidores familiares da escolha por Francisco Rossi. “Insistimos para que ele saísse candidato, dizia que estava aposentado da política, mas o PR insistiu por ele, que é uma referência política, então optamos pela candidatura dele a estadual.”
A atual vereadora disse que está bem de saúde, acabando com qualquer comentário que a desistência se deve ao seu estado de saúde. “Passei por um transplante renal no final do ano, estou muito bem, não era carta fora do baralho, portanto não foi esta a razão de ter desistido, estou apta e vou acompanhar meu pai na campanha. Foi uma decisão política e não por minha saúde. Ele não queria, mas o apelo foi grande e ele aceitou o desafio”, finalizou Ana Paula Rossi.
A esposa Ana Maria Rossi, vice-prefeita de Osasco, disse que vai trabalhar com todas as suas forças para eleger seu marido. “Apesar de dizer que esta aposentado da vida pública, ele gosta. Ele é muito querido no interior e, em especial, em Osasco. Tem tudo para ser eleito. Eu o incentivei a sair candidato. Vamos arregaçar as mangas em prol de sua eleição”, encerrou.
O pré-candidato a deputado federal Luiz Carlos Motta está feliz com a dobrada.“É um privilégio poder fazer parte desta dobrada com o Rossi. Nos conhecemos há alguns anos. A gente acredita na instituição, acredita na política e por isso aliamos a uma pessoa de bem. Sou de Tupã, a política tem que ser feita pensando no coletivo, mas deixando claro, que em todas as profissões, há os bons e os maus. Fazer política e não politicagem, trabalhar pelo Estado e estar próximo ao povo é nosso objetivo”, finalizou.
Rossi promete fazer campanha em Osasco e na região. ”Irei até Tupã participar de um encontro com lideranças locais e regionais. Fui três vezes deputado federal e em duas oportunidades fui o mais votado em Carapicuíba. O corte do PR a deputado estadual nestas eleições deve ser de 50 a 55 mil votos. Tenho esperança de ter uma votação expressiva. Vamos apoiar o Márcio França em sua candidatura ao governo de São Paulo. Em 1998 ele coordenou minha campanha ao governo, tenho por ele gratidão, é uma pessoa preparada, ele é o ex-prefeito mais votado na história numa reeleição, com mais de 90% dos votos. Quanto à presidência e ao senado, ainda não me decidi.”
Rossi deve levantar a bandeira da segurança. “Construi um nome na região e no interior. A experiência conta muito na escolha do eleitor. Hoje a maior preocupação do cidadão é com a segurança e se eleito vou batalhar na Assembleia pela segurança, saúde e educação.” Com relação aos apoios políticos da região, Rossi foi direto. “Tenho uma boa relação com o Furlan, mas a Bruna está no PSDB e com o Dória e nós com o França e isso dificultou nossa dobrada e hoje, a única dobrada que tenho é com o Motta. Sou homem de palavra, conheço o trabalho do Motta, vou apoiá-lo e tenho certeza que será eleito e vai ser importante para Osasco.”
Sobre o futuro, Rossi não descarta continuar na política por mais alguns anos. “Não excluo a possibilidade de um dia voltar a ser prefeito, penso na possibilidade, mas penso que a maior vontade é que um dia a Ana Paula seja prefeita. Antes de ir às Mansões Celestiais, gostaria de ver minha filha prefeita de Osasco”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here