Segue o líder

O vereador e líder do prefeito Ribamar Silva (PR) é atualmente o nome que está mais próximo para cuidar da Câmara Municipal para o biênio 2019/2020. Um dos mais ativos da política da Câmara Municipal de Osasco, o simpático gordinho é um nome muito entrosado ao meio dos colegas. Por fora deve concorrer Tinha Di Ferreira (PTB), De Paula (PSDB) e Ricardo Silva. O pleito para a nova escolha do presidente da Câmara sempre acontece na última semana de dezembro; às vezes um pouco antes das festividades do Natal. Lembrar que em 2016 que o então novato Dr. Elissandro Lindoso (PSDB) era o segundo mais cotado. Um acordo entre ambos o colocou na presidência. Que diga-se de passagem, foi o que mais revolucionou o Legislativo com o fim das atividades no velho prédio que nem licença de bombeiros tinha.

 

Não foi desta vez 

A vizinha Carapicuíba foi outro município que ficou sem nenhum representante na Assembleia Legislativa e Câmara Federal. E dizer que por doze anos seguidos a cidade teve representantes sempre com um deputado estadual; o ultimo, o atual prefeito Marcos Neves. Tradicionalmente, nos grandes municípios quando um prefeito faz 8 anos de mandato é quase certeza ser eleito ou para a deputado estadual, ou federal. Mas não aconteceu com o petista Sergio Ribeiro (foto). As modificações ocorridas em seus oito anos na cidade foram de suma importância para destacar o crescimento do município, verdade seja dita. Deixar claro que, ao contrário de Osasco, seu apoiador maior foi o então governador Geraldo Alckmin (PSDB). Foram muitos investimentos do governo do estado de São Paulo. Já em Osasco, Alckmin é considerado por alguns como governador retrógado. Nem a finalização de algumas estações da CPTM ele chegou a concluir. Idem para o Hospital Regional.

 

Osasco deve avançar
Mas as eleições de 2018, mostra que teremos avanços em Osasco. Dois candidatos que estavam na ponta da competição; Marcio França (PSB) e João Dória (PSDB) nos encheu de promessas. E Como Dória foi eleito, acreditamos que finalmente a nova entrada para Osasco pela Rodovia Castello Branco saia finalmente do papel. Esse é um antigo projeto do então prefeito Jorge Lapas, assim que tomou posse foi uma de suas promessas. Infelizmente, Alckmin só ficou no “vamos ver”. Passados seis anos com o rápido crescimento populacional da cidade devemos desta vez ver a promessa ser cumprida. Quanto ao Hospital Regional, com a entrada de Marcio França após substituir Alckmin, ele finalmente completou a reforma do Hospital que é estadual com o acréscimo de mais cem leitos e autorizou a instalaç;ão de uma AME na cidade.

 

Terceira ponte vem aí 

No entanto, antes mesmo da execução das ações, os recursos que virão ainda prometem outras obras. A deputada federal Renata Abreu (Podemos) divulgou o envio de R$ 22 milhões em recursos para o município. E desse total, R$ 13 mi irão para a terceira ponte sobre o rio Tietê. Segundo informações da prefeitura de Osasco, o projeto prevê a construção de uma interligação sobre o rio e outro viaduto que vai atravessar acima da linha férrea da CPTM. Com isso, vai ligar a avenida Brasil, no Rochdale, até a avenida Marechal Rondon, no Centro da cidade. Rogério Lins (Podemos) está prometendo o final dessa obra até meados de 2019.

 

Um bom presidente 

Atualmente nosso Legislativo tem em sua maioria servidores concursados, o ponto é eletrônico e feito por biometria, os reajustes foram mais benéficos aos servidores e a entrada agora é por cadastro a cada munícipe com catraca eletrônica. Basta depois de passar o RG e um cartão de entrada e saída é repassado ao cidadão. O prédio da Avenida dos Autonomistas é de exclusividade dos gabinetes dos 21 vereadores. Agora bem mais amplo com muito conforto. O único entrave é ter apenas um pequeno elevador que mal cabe quatro pessoas. O próximo presidente deverá dar continuidade ao mesmo processo e expediente criado por seu antecessor. Enquanto isso, o novo Paço Municipal continua paralisado pela justiça em quase metade da obra, infelizmente.

 

OAB pra você 

A 56ª Sub-Sessão da OAB Osasco vai promover nova eleição para presidência da entidade. E o destaque de hoje vai para a Chapa 3, denominada “OAB Pra Você”. Cinco advogados fazem parte da chapa: José Gomes Carnaíba; Presidente, Luciana Guedes; Vice, Marcelo César; Secretário Geral, Aletheia Meira; Tesoureira e Francino Café, Secretário Adjunto. As eleições da OAB, de São Paulo e regionais devem ocorrer no dia 29 de novembro. Em Osasco o local do pleito é a Casa do Advogado, bem ao lado do Fórum. Quatro chapas estão na disputa.

 

Uma nova Jandira 

Devemos aqui reconhecer que Jandira sempre teve por anos a fio prefeitos envolvidos em escândalos, sem citar nomes a cidade sempre esteve refém de denúncias e mais denúncias de corrupção. Na atual gestão desde o início de 2017, o prefeito Paulo Barufi vem mostrando o lema da seriedade e respeito com os recursos públicos, e que está dando bons resultados. Seu governo vem agradando a população, numa sintonia de que os investimentos já mostram a transformação na cidade de Jandira. Problemas ainda existem, mas o governo vai bem, até então. “Quando assumimos, nos comprometemos em gerir a cidade com seriedade, e estamos fazendo isso. Hoje Jandira está andando rumo a um futuro melhor, com mais respeito ao cidadão que ao pagar seus impostos quer serviços públicos melhores e com qualidade; estamos alcançando esse nível”, afirmou Baruf.

 

Corrida em Carapicuíba

Em Carapicuíba, a tradicional Corrida do Peru terá sua 36ª edição neste ano e as inscrições abrem na próxima segunda-feira, 12. A prova, com percurso de 6,5 km, será realizada no dia 23 de dezembro, com largada e chegada na Praça da Aldeia Jesuítica. A novidade para essa edição é a Caminhada da Família, no Parque da Aldeia, com quatro voltas no lago, somando 2,5 km. A premiação será realizada com troféus para os primeiros colocados, além de aves: peru (1º colocado), chester (2º colocado) e frango (3º colocado), em diversas categorias. A prova surgiu como uma brincadeira entre amigos, que soltavam um peru nas ruas da Aldeia para comemorar a passagem de ano. A comunidade se envolvia na perseguição e o primeiro que pegasse a ave a levava como prêmio. O tempo passou e a Corrida do Peru evoluiu, mas manteve a t radição de premiar os atletas com um peru congelado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here