Tempo Televisivo

Até alegria do Fernando Rocha, apresentador do “Bem Estar”, Globo, sofre com inveja. Coisa de louco isso.
E toda quinta-feira tenho programa certo para assistir na televisão. Ligo na Record e fico vidrado em “A Lei e o Crime”. Ótima série policial. É reprise, mas não assisti na época que passou.
E com isso…
Já “A Praça é Nossa”, que passa toda quinta, eu assisto no YouTube no dia seguinte.
Uma coisa que ando percebendo…
Todo programa jornalístico tem boas reportagens, mas também tem cada coisa boba e ruim. Jesus!
Continuo trocando “Vídeo Show”, Globo, por “Hora da Venenosa”, dentro do “Balanço Geral”, Record.
Estou preocupado com isso.
Acabei de colocar no “Melhor da Tarde”, Band. O programa da Cátia Fonseca tem de tudo e ao mesmo tempo não tem nada. Falta encontrar um caminho. Uma linha.
E continuo achando ruim demais programa de televisão que só sobrevive de vídeos da internet. Fracos ao quadrado.
Preciso falar de outra coisa.
Notícias falsas (fake news) sempre existiram e nunca vai deixar de existir. Não entendo tanta repercussão. Papo chato. O problema atualmente é ver gente estudada acreditando em qualquer “notícia”. Isso sim é ruim.
E famoso que tenta aparecer usando animais como desculpa. Sei, sei…
Vejo em alguns programas de televisão que o Wesley Safadão virou assunto principal. Uma coisa eu aprendi, vida pessoal eu não me meto. Jamais.
Isso me lembra o povo que não gosta do Pelé porque ele teve problemas pessoais com uma filha. Para mim, Rei é Rei.
Lembrei de só mais uma coisinha.  Não sei se já falei, mas…
E se o Ayrton Senna estivesse vivo?
Seria mais um ídolo desrespeito e maltratado no Brasil. Você tem alguma dúvida disso?
Voltando para “A Praça é Nossa”, SBT…
Gosto de todos os personagens. Adoro todos os atores. E um deles está cada dia melhor. O Alexandre Porpetone é sensacional. Um monstro.
Aproveitando…
Sinto falta de programa de humor no rádio. Não quadros de humor, e sim programas mesmo. Aceito propostas para ajudar criar e escrever um.
Mudando de assunto…
Já assisti umas cinco vezes, TV e internet, “O Cravo e a Rosa”. Novela sensacional. Eternamente ótima. Até Adriana Esteves que eu não sou tão fã, eu adorei. E se passar de novo, de novo eu vou assistir.
 
 
 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here