Transformações televisivas

Como sempre falo…

Toda semana vem aquela “turma do bem” massacrar um famoso. Do nada, o sujeito é rotulado de racista e atacado de todas formas. O “vilão” da vez é o humorista Cocielo. Mais um que não tem que ficar dando explicação para gente chata. Só seguir a vida naturalmente. E cuidado, a próxima vítima dessa turma pode ser você.

E uma outra coisa, eu nunca deixei de usar o serviço de uma empresa porque o funcionário dela cometeu um erro ou uma falha. Empresa não tem nada a ver com os problemas pessoais do seu funcionário.

Sou aquele que não enxerga polêmica em tudo. Graças a Deus!

Falando de coisa séria…

“Orgulho e Paixão”, Globo, quase se perdeu, mas encontrou um caminho e está agradando novamente. Diferentemente do que está acontecendo com “Onde Nascem os Fortes”. Trama bem enrolada.

E estava eu pensando com os meus botões…

O William Bonner está virando o Silvio Santos da Globo. Fala, brinca, comenta o que bem entender. Não tem mais receio. É feliz. Igual o homem do baú no SBT.  Fico contente com isso.

Falando da Band…

No último sábado estava assistindo o “Brasil Urgente”.  Várias e várias reportagens repetidas. Crimes que eu já tinha visto um mês atrás. Não gostei.

Falando nisso…

O Datena deixou a emissora para tentar um cargo público. O que eu acho disso? Nada demais. Todo mundo tem direito de tentar algo diferente. E você, lógico, vota em quem quiser.

É sempre igual…

O inverno é seco, não costuma chover tanto, e faz até um certo calorzinho em alguns horários do dia. E todo ano tem reportagem sobre isso.

Sobre “Copa do Mundo”…

Foi mais um ano com muitas propagandas falando de seleção brasileira. Mas já tivemos publicidades bem melhores em anos passados.

E época de “Copa do Mundo” temos muitos donos da verdade na imprensa.

Já no último domingo…

A Globo anunciou uma reprise do especial do Chacrinha. Por causa da “Copa do Mundo”, o programa foi cancelado. A emissora sabe que o jogo pode ter prorrogação e pênaltis, então não deveria anunciar nada. Só cria expectativa e decepciona o público.

Já disse aqui que minha mãe adora “Minha Mulher Que Manda”, quadro do programa da Eliana, SBT. E agora ela faz toda família assistir e rir.

Para fechar…

Ainda sobre os Datena (pai e filho). Ambos fazem qualquer programa de variedades se tornar um jornalístico policial. Até no rádio. Isso não é nada bom.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here