Um novo time

O prefeito Rogério Lins, vem considerando que os próximos dois anos transformará a cidade em um canteiro de obras. Logo após a eleição de domingo, na semana, ele deverá se manifestar à respeito de mudanças administrativas que irá promover de imediato. Inclui aí, de acordo com suas afirmações, troca de secretários, assessores, diretores e chefes de Divisão. Ou seja, quer começar o próximo ano com um novo modelo de comando e com muitas obras pela cidade. Algumas, já vêm sendo realizadas como a limpeza do Córrego Ribeirão Vermelho na Zona Norte com o alargamento de quase mil metros de extensão.

 

Asfalto e LED

Além do Ribeirão Vermelho, as equipes da prefeitura também realizam zeladoria no córrego do Jardim Marieta, no piscinão do Bonança e no Braço Morto do Tietê, no Rochdale. “O trabalho visa prevenir enchentes na região do Rochdale e do Aliança, já que dará maior vazão às águas”, afirma Rogério. Recentemente, ele tornou público o empréstimo de 50 milhões para dar continuidade ao programa de reasfaltamento na cidade, combinando aí com as trocas das antigas luminárias por lâmpadas Led.

 

Agora é com o povo

Neste domingo o país escolhe o novo presidente da República. Dois candidatos – Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) – disputam o cargo mais sonhado dos políticos brasileiros. Se as pesquisas estiverem corretas, Bolsonaro que está perto dos 60% deverá ser o vencedor. Mas nada é impossível, e uma virada, apesar de remota pode ocorrer. O importante, independente de quem vencer, será a continuidade da democracia e a recuperação de boa parte de setores do nosso Brasil, principalmente a economia. Domingo por volta das 20 horas o vencedor será anunciado pelo TSE. Uma campanha cheia de acusações, fake news e agressões até entre amigos e familiares.
Pela primeira vez uma convulsão tomou conta em todos os estados, num papel importante das redes sociais.

 

Em São Paulo não dá pra apostar

Para o governo estadual, dois nomes praticamente empatados estão na disputa. O ex-prefeito de São Paulo João Doria (PSDB) e o atual governador Marcio França (PSB) buscam a resposta das urnas nesse segundo turno.
Para nossa região, visitada por ambos, muitas boas promessas, como a nova entrada na Rodovia Castello Branco ao centro de Osasco. O prefeito Rogério Lins (Podemos), está apoiando Marcio França, já o presidente da Câmara Dr. Elissandro Lindoso (PSDB); João Dória.
As recentes pesquisas têm colocado Dória à frente de França, mas ainda dentro da margem de erro os considerando um empate técnico. Assim como para presidente, às 20 horas teremos o nome do candidato vencedor que vai comandar o estado por quatro anos.

 

A discordância tucana

Passadas as eleições de primeiro turno três candidatos do PSDB, começam a entrar em conflito, após a derrota nas urnas. Didi e Lindoso estão em discórdia com a postura do presidente da sigla na cidade vereador De Paula; também derrotado como candidato a deputado federal. Para ambos, falta muito diálogo e bom senso sobre a condução da sigla. Didi afirma que o prefeito nomeou secretários com nomes de tucanos mas nunca foi consultado à respeito. Neste caso, as maiores críticas vão para José Carlos Vido, responsável pela saúde do município. Já Lindoso afirmou ficar sem o apoio do partido. Não comenta, mas deve procurar outra sigla, caso Doria, se eleito mudar mesmo do PSDB, conforme comentários da grande imprensa. É público e notório o desgaste sofrido por abandono das principais lideranças e, após derrota, Geraldo Alckmin chamá-lo de traidor. Colado em Dória, Lindoso deve comandar a nova frente na Região.

 

Dória, o motivo

No último final de semana, duas frentes promoveram caminhadas na cidade, especificamente no Centro. Uma saiu de frente à prefeitura promovendo a candidatura de Marcio França; desceu toda a Primitiva Vianco e subiu o Calçadão Antônio Agú, com o prefeito Rogerio Lins liderando o movimento. Noutra, o presidente da Câmara Elissandro Lindoso com uma manifestação pró Dória em frente à Estação Osasco em horários diferentes para depois subir, também, o Calçadão em seu dia de maior movimento. Ocorre, porém, que o secretário da Saúde Carlos Vido estava na caminhada de Marcio França. Isso irritou muito Dr. Lindoso. Nesta caminhada do PSDB, De Paula e Didi não compareceram.

 

Pensando no futuro

Faltando pouco mais de 60 dias para o ano novo, o líder do prefeito na Câmara Ribamar Silva (PRP) já deu início às conversas de apoio à sua candidatura para a presidência da Câmara para o biênio 2019/2020. Um assunto que vem sendo guardado em segredo, mas que já era esperado desde a eleição de Lindoso no início da nova Legislatura. Naquele momento, Ribamar abriu mão de ser eleito para pegar o próximo biênio. “Meu sonho é ser deputado federal”, disse referindo-se à presidência. Ocorre que se for o eleito, pode ter chance de mais dois anos no comando permitido na troca de Legislatura; assim ficaria quatro anos e em 2022, pode participar das novas eleições como candidato a deputado.

 

Última caminhada

Neste sábado, o Diretório do PSL de Osasco, promoverá a “Caminhada em Apoio a Jair Bolsonaro”, às 11 horas, no Calçadão de Osasco. O ponto de encontro e saída será em frente a Estação de Trem. Para o presidente do diretório do PSL, Alexandre Bussab, a eleição acontece no próximo domingo, dia 28, e a organização dessa caminhada servirá para mostrar que Osasco já tem o seu candidato. Está confirmada a presença do Major Olímpio, eleito senador de São Paulo. “O povo osasquense diz não para o PT e nós do PSL vamos juntos na rua para fortificar ainda mais a voz do povo”, disse Alexandre afirmando, ainda, contar com a participação de todos os amigos e simpatizantes na última manifestação antes do pleito.

 

Convite

A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Santos dos Últimos dias, irá promover, neste sábado, o Prêmio Valores Familiares. Essa premiação visa homenagear cinco pessoas, independente da religião, pelos bons serviços prestados ao município de Osasco. “Em toda a cidade foi feita uma enorme pesquisa para a escolha”, garantiu o membro Fernando Batista. O convite é extensivo a todos para comparecerem à Rua Paulo Licio Rizzo, 123 – Centro de Osasco. Tem entrada, também, pela Rua Machado de Assis, 596. O evento terá início às 18 horas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here