Vôlei Osasco-Audax e Hinode Barueri jogam nesta quinta, 25, pela semifinal do Paulista

Em busca do heptacampeonato, o Vôlei Osasco-Audax inicia a semifinal do Campeonato Paulista 2018 contra o Hinode Barueri nesta quinta-feira (25). O jogo será no ginásio José Correa, casa do adversário, e começa às 19h, com transmissão do Sportv 2. Camila Brait, Walewska, Claudinha, Mari Paraíba e cia. buscam a vitória para sair na frente e garantir a vaga na decisão na partida no José Liberatti, que deve receber lotação máxima para o segundo duelo entre os times, no sábado (27), a partir das 21h45, também com exibição do Sportv 2. A outra série será entre Sesi Bauru e Pinheiros, no mesmo período.

O Vôlei Osasco vem de vitória sobre Barueri. Marcou 3 sets a 0 na última rodada da fase de classificação, no dia 12 deste mês, no José Liberatti lotado, com mais de três mil pessoas. O resultado garantiu o segundo lugar e a vantagem de decidir a vaga para a final em casa. Com os três pontos conquistados, o time comandado por Luizomar ultrapassou o Hinode na classificação geral em dois pontos (10 a 8). Antes do início da última rodada da primeira fase, a equipe osasquense estava um ponto atrás do adversário, que caiu para a terceira posição.

Mesmo embaladas pelo bom resultado na última rodada da fase de classificação, as jogadoras de Osasco esperam um confronto difícil em Barueri. “Sabemos que o time deles contará com a volta das meninas que estavam na Seleção Brasileira, mas treinamos muito nesta semana, nos preparamos bem e estudamos muito para dar o máximo em quadra, jogando bem técnica e taticamente”, explica a central Walewska. “Sabemos que vai ser um jogo duro, mas confiamos muito no nosso trabalho, na força e união do nosso time”, avalia Camila Brait.

O técnico Luizomar também confia no potencial de sua equipe. “Seguimos em uma crescente na competição. Na última rodada, contra o mesmo Barueri, conseguimos diminuir o número de erros e encaixar melhor nosso jogo. A expectativa é para uma evolução maior nas semifinais, principalmente no entrosamento em quadra”, analisa o treinador, lembrando que sacar bem, para agredir a recepção do adversário, será fundamental para a conquista do resultado positivo. “Vamos com tudo e dar o nosso máximo para abrir a série com vitória. Esse grupo é muito bom, unido e estou confiante”, completa Paula Pequeno.

Para evitar o Golden Set – O objetivo do Vôlei Osasco-Audax é garantir a vitória nas duas partidas e conquistar a classificação para a final de forma direta. Caso os dois times empatem com um resultado positivo cada um, a decisão será no Golden Set, jogado também no sábado (27), na sequência da segunda partida da semifinal. “Esperamos um confronto duro contra Barueri. Nosso foco é colocar em prática tudo que treinamos e estudamos para fazer o resultado que nos garante na luta pelo sétimo título consecutivo para Osasco”, afirma a levantadora Claudinha.

Osasco e Barueri tem uma rivalidade recente. Os dois times se enfrentaram na final do Campeonato Paulista 2017, quando a equipe osasquense levantou o hexacampeonato. Além da conquista do título estadual, Osasco bateu o Hinode em mais quatro oportunidades na Superliga 2017/18, sempre pelo placar de 3 sets a 1. Foram dois resultados positivos na fase de classificação e mais dois nas quartas de final, com jogos alternados no ginásio José Liberatti e na quadra do adversário. “Barueri é um adversário importante, o qual temos enfrentado em momentos de definição desde a temporada passada. Renovamos o grupo e seguimos trabalhando para encaixar cada vez mais nosso jogo. Confio em uma boa apresentação e em um resultado positivo”, completa o técnico Luizomar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here