Correio Paulista

Rogério Lins anuncia reabertura do Hospital de Campanha de Osasco

Na última quarta-feira, 25, o prefeito de Osasco, Rogério Lins, anunciou que a cidade deve reabrir uma ala do Hospital de Campanha na Policlínica na Zona Norte. “Será uma reabertura de forma preventiva. Ficará montada, caso seja necessário levar algum paciente”.

De acordo com o prefeito, o mês de novembro foi o com menor número de óbitos diários por Covid na cidade. “Continuamos com baixa ocupação de aparelhos respiradores e média ocupação de leitos de emergência, mas não quer dizer que não precisamos ligar o sinal de alerta”.

Rogério disse que vai intensificar a realização de testes RT-PCR, o teste do cotonete. “Esse é o mais assertivo para detectar a doença. Quem estiver com sintomas de coronavírus poderá fazer e já sairá com atestado médico”.

O prefeito disse também que não haverá lockdown em Osasco. Alguns perfis de redes sociais e também em mensagens de whatsapp dizem que a cidade terá que fechar os comércios. Inclusive a Associação Comercial e Empresarial de Osasco (ACEO) promoveu uma campanha para coibir esse tipo de fakenews.

Rogério Lins disse que a velocidade de contágio do novo coronavírus em Osasco é baixo.“Se não tomarmos cuidado e as pessoas continuarem a andar sem máscaras poderemos voltar a ter aumento no número de casos”.

Sobre os respiradores, Osasco continua com uma baixa ocupação, porém, os leitos de UTI de urgência e emergência estão com uma média ocupação, e preocupado com isso Rogério decidiu reabrir uma das alas do Hospital de Campanha de Osasco. “Vamos reabrir uma das alas do nosso Hospital de Campanha da Policlínica da zona Norte. Em poucas horas conseguimos reativar o nosso Hospital de Campanha, ele vai ficar de stand-by à disposição da nossa população caso precisemos levar alguma pessoa com Coronavírus no estado intermediário até a total e plena recuperação”, informou o prefeito.

Sair da versão mobile