Televisão Que Fala

Colunistas Márcio Torvano

O “Fantástico”, Globo, denuncia um aplicativo de compras. Uma semana depois, o mesmo aplicativo faz um anúncio no intervalo do programa. Estranho.

E estreou mais uma novela.

“Quanto Mais Vida, Melhor”, Globo. Ainda sem análise. Mas parece ser uma novela divertida. Não é uma trama para ficar discutindo antropologia.

E o Datena na Band…

Ele quer que acabe o PIX (transação financeira). Não seria mais fácil acabar com o ladrão? Apenas uma pergunta.

Faz tempo que não falo algo.

Saudade do bom trabalho do José Mayer nas novelas. O cara é muito bom.

Aproveitando…
Vamos imaginar.

Um famoso que sempre fez sucesso. Um dia, o sujeito comete um erro, e aí querem que todo o seu trabalho seja esquecido. Jamais. Nada apaga o talento. Nem mesmo um erro. A obra é imortal.

Mudando de assunto…

Não brigo por causa de política. Não ofendo por causa de política. E cada um acha e apoia quem bem entender.

Sobre o SBT…

Até que demorou para o Silvio Santos colocar o “Roda a Roda” em tudo que é horário. Parece que agora vai para o horário da tarde.

Programa que gosto muito.

E a Renata Vasconcellos…

Apresentadora do “Jornal Nacional” outro dia me deixou tonto. Usou uma camisa que dava uma certa ilusão de ótica. Fiquei perdido.

 Ainda vejo chato reclamando e brigando com “Nos Tempos do Imperador”, Globo. Coisa mais mala.

Já o “Altas Horas”, Globo, continua sem plateia. Faz falta. Muita. O programa fica muito frio.

Não tem muito a ver, mas…

Famoso querendo discutir política. Eu evito. Sempre.

E a Globo poderia passar filme antigo todo sábado. Seria bom demais.

E minha saudade vai para…

O jornalista José Paulo de Andrade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.