A Voz da Rua

Toda rua tem nome, isso é fato. Algumas ruas tem nome próprio. Nome de gente, de personalidades, nomes que começam com letras Maiúsculas e terminam com minúsculas.
Na cidade de Osasco existem ruas que revelam a face de exímios escritores que contribuíram e ainda contribuem para a literatura brasileira.

O bairro Recanto das Rosas localizado na zona oeste, situado no km 21 da Raposo Tavares – diz muito sobre esses encontros de vozes da literatura brasileira.

A extensa e agitada rua chamada pelos seus moradores Mário Quintana revela o quão importante foi esse poeta, tradutor e jornalista brasileiro.

Mário foi considerado um dos maiores poetas do século XX. É conhecido também pelo poema intitulado Poeminho do Contra: “Todos esses que aí estão Atravancando meu caminho, Eles passarão…Eu passarinho!”

De CH (Caderno H – 1973)

E não para por aí, a rua nomeada Clarice Lispector, no mesmo bairro, habitada por tantos moradores que têm suas casas de dois e três andares de diversas cores nos faz pensar sobre a origem do nome. Clarice, assim como Mário Quintana foi uma das maiores escritoras do século passado.

Escritora e jornalista brasileira de origem judia, ela fez parte do terceiro tempo modernista e desconstruiu os modelos narrativos de outrora, uma personalidade à frente de seu tempo. “A Hora da Estrela” foi seu último romance publicado em vida.

Embora tantas outras ruas tenham sido intituladas com o nome próprio de tantos outros escritores, como a rua Jorge Amado, raras vezes os moradores ou ainda os visitantes do bairro conseguem associar o nome dos autores às obras que foram escritas. Tais obras que foram e são importantes para a compreensão da atual sociedade brasileira.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here