Bombeiros Civis Voluntários de Osasco atuam em várias funções em Brumadinho

A cidade de Osasco tem nos últimos dias, cinco representantes trabalhando no desastre de Brumadinho em Minas Gerais. Eles são bombeiros civis que voluntariamente se propuseram a ajudar os bombeiros militares, exército e demais instituições que trabalham para restabelecer a ordem na cidade mineira.

Os representantes osasquenses são: o Comandante Osmar Augusto Ferreira, Classe especial Wal Torres, Inspetor Geral Moisés Felipe dos Santos, Primeira Classe  Gustavo Rodrigues e Segunda Classe Mateus Pina.

A advogada Wal Torres fez um relato de como está a situação de Brumadinho. Durante os últimos dias, ela vem ajudando no resgate das vítimas. “Chegavam informações de populares, através dos motoristas que localizaram corpos, eu anotava as coordenadas e passava para o Major. Em paralelo auxiliava no controle de entrada e saída das aeronaves que trazem os corpos.”

Os também osasquenses Moisés Felipe e Mateus Pina auxiliam para carregar os corpos até um local que foi preparado para os legistas fazerem os primeiros procedimentos como foto e identificação.

Já Gustavo Rodrigues fica na entrada principal controlando o acesso de viaturas, evitando que civis se aproximem, em vista que o local. se trata de uma área de pouso e decolagem.

Segundo o comandante Osmar Augusto, não param de chegar corpos resgatados da lama. “Estamos recebendo corpos durante todo o dia. As pessoas não tem ideia do que foi isso. Esse trabalho vai durante de três a mais meses.”

Os osasquense iriam retornar hoje para São Paulo. “Em conversa com os oficiais percebemos que não poderíamos deixá-los aqui, então decidimos ficar e novamente ajudar no que for preciso”, finaliza Wall

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here