Osasco terá candidatura coletiva nas eleições deste ano

Capa Política

Com o objetivo de fortalecer as presenças feminina e LGBTQI+ na câmara municipal de Osasco, a AtivOz (encabeçada por Juliana Curvelo) anuncia a pré-candidatura. “Acreditamos que a saída é coletiva. Unimos forças para construir um diálogo com a sociedade”, pontua Juliana. Mãe, educadora e ativista com mais de 10 anos de atuação, ela se inspirou em outras “mandatas coletivas” – como a Bancada Ativista, eleita para deputada estadual em 2018 com o nome de Mônica Seixas. “De ativista do ecossocialismo e cultura; entusiasta e participante de movimentos de economia solidária, educadora de escola pública e mãe, à pré co-candidata a vereadora”, apresentou-se no perfil do AtivOz nas redes sociais.

Nascida e criada no Rochdale, bairro que sofre muito com os problemas ocasionados por enchentes, Juliana vive a realidade de uma mulher/mãe que utiliza os equipamentos públicos do SUS e deseja escola pública de qualidade para suas filhas. “Sempre acreditei no trabalho coletivo, na participação popular e que temos o direito de ocupar os espaços colaborando ativamente na elaboração de políticas públicas”, resume.

Quem faz a AtivOz

  • Angela Bigardi, Educadora engajada na luta pela escola pública de qualidade, na valorização dos profissionais da educação e na disseminação do ecossocialismo.
  • Deise Oliveira, psicóloga feminista, militante da saúde mental e economia solidária.
  • Higor Andrade, Ativista LGBTQI+, ator e escritor
  • Victor Luccas, Estudante de Ciências Moleculares e Militante estudantil.

Com experiências e referências diversificadas, o grupo pretende dar voz à população – especialmente às mulheres, LGBTQI+ e negros – e usar o consenso para as decisões. O “rosto” que aparecerá nas urnas, bem como o nome, será o de Juliana; porém, as decisões serão tomadas em conjunto. Uma forma de enaltecer o diálogo e praticar o respeito. “A Mandata Coletiva simboliza a despessoalização da política de gabinete, tira a ideia de que a política institucional é feita apenas por uma pessoa, traz à tona a necessidade de trabalhar de forma colaborativa e promovendo a participação popular”, reforça a pré-candidata.

Segundo ela, a candidatura coletiva “deixa de lado o que EU acho que a cidade precisa para pensar no que é necessário para a cidade de vários pontos de vista”, finaliza.

6 thoughts on “Osasco terá candidatura coletiva nas eleições deste ano

  1. Chegou a hora da política ter a cara da população da nossa cidade!
    Uma cidade de todes e para todes!

  2. Que maravilha ver surgir da base uma candidatura que pessoas que vivem o território, e participam das políticas públicas de Osasco e Região… vida longa e ativa e esses AtovOzes

  3. Pois é eu tentei me candidatar como mulher mãe de família trabalhadora né para agregar alguma coisa de boa política mas até agora não tive nenhuma resposta nenhuma partida então se tiver algum partido interessado só entrar em contato comigo11

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *