Osasquense do Jardim Conceição é destaque em programa da Rede Globo

Aproveitando o clima do Criança Esperança, o Caldeirão do Huck do último sábado, 17, resolveu apostar em histórias de pessoas que se dedicam a projetos sociais. O Quem Quer Ser Um Milionário desta semana mostrou a vida de Miguel Fabrício, ou melhor, Miguel da Hora, do Jardim Conceição em Osasco.

Bolsista desde criança, o rapaz dedica tempo para ensinar crianças e jovens da periferia com projetos que mesclam educação, design e futurismo.

“Cresci assim. Hoje, graças a Deus, consigo replicar isso também. Sou criado na ‘quebrada’ e tive a oportunidade de fazer parte de alguns projetos. Hoje tenho alguns rodando e consigo devolver um pouco que o mundo me deu.”

Dentre eles, está o Projetistas Periféricos. Inicialmente criado para disseminar a robótica, ele auxilia jovens hoje em dia em seus processos de aprendizado. Um fato, porém, costuma chamar bastante atenção quando Miguel conta essa história.

“Eu fazia robótica num quarto de telha com o que era sucata e lixo. Quando eu criei meu projeto, pedi para as pessoas me darem lixo. O que você doa transforma a vida das pessoas sem você imaginar.”

A oportunidade de estar no programa e no quadro mexeu com um sonho antigo de Miguel.

“Sempre tive um sonho de ser um milionário, mas não de dinheiro, de impacto.”

Miguel não conseguiu o milhão, mas levou para casa R$30 mil, o que significa que vai impactar e muito a vida desses jovens!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here