Vereador pede implementação de endereço social para pessoas em situação de rua em Carapicuíba

Capa Política

O Vereador Professor Ladenilson (MDB), apresentou a Indicação 039/2022, que solicita ao Prefeito Marcos Neves “a necessidade de uma parceria entre a Secretaria Municipal de Assistência Social e a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, a fim de implementar o endereço social para pessoas em situação de rua, como já ocorre em alguns municípios brasileiros”.

Nas Cidades que já implantaram o “endereço social”, o cadastrado retira suas correspondências na caixa postal social a cada quinze dias, num endereço domiciliar modelo caixa postal social, que lhe é disponibilizada por um prazo de seis meses prorrogáveis por igual período.

Na Cidade de Carapicuíba e região, apesar da ausência de dados atuais, é possível constatar o grande aumento do número de pessoas pedindo esmolas no semáforo e literalmente morando em áreas públicas. A quantidade de cidadãos que buscam alimentação com preço acessível nas Unidades do Bom Prato da região também é enorme. Notícias recentes apontam para o crescimento de 31% nos últimos dois anos, da população de rua na Cidade de São Paulo, a maior Cidade do País.

Segundo o Vereador, “esta medida é necessária em virtude do aumento da população em vulnerabilidade social que não consegue possuir um endereço domiciliar, o que lhes dificulta sobremaneira a reinserção no mercado de trabalho e inviabiliza a correspondência com familiares distantes quando tentam retomar o contato com estas pessoas. Proporcionar aos mais vulneráveis um endereço social é questão de dignidade humana, podendo ser uma oportunidade para obtenção de um emprego ou da retomada de contato com suas famílias”.

A Indicação agora segue para o Prefeito Marcos Neves (PSDB), que poderá ou não levar em frente o pedido apresentado.

1 thought on “Vereador pede implementação de endereço social para pessoas em situação de rua em Carapicuíba

  1. querem privatizar os Correios, mas não tem jeito: precisam de um serviço público de Comunicação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.