A tradição e a modernização das Padarias de Osasco

Alexandre Frassini Colunistas Correio Gastronômico Destaque

As Padarias surgiram no início do Império Romano, e foi nessa época que Panificador virou profissão, pois a moda na época era servir pães para as festas e eventos. Aliás, antigamente Padaria era o local que só vendia pães e Panificadora era o local que fabricava e vendia. Hoje até no Aurélio, o significado é o mesmo.

E se tem um comércio que sofreu com a chegada dos grandes mercados e a até mesmo com os pequenos mercados de bairro, foram as tradicionais Padarias. Repare que os grande mercados espalhados na cidade tem panificação própria e praticamente todos produtos do tradicional comércio.
Porém, quem é da minha geração e os mais antigos, guardam na memória lembranças bem gostosas das antigas Padarias. Sempre foi o local de encontrar rapidamente o pessoal do bairro na fila para comprar pão, roscas, leites, sorvetes, ou mesmo tomar um café com pão na chapa ou os tradicionais lanches com pão francês. Mas poucas daquelas Panificadoras sobreviveram e as que conseguiram se manter, tiveram que se modernizar, perdendo até um pouco daquele charme de antigamente, mas em compensação se tornaram mais modernas e com muita variedade de produtos e serviços.

Quem mora no mesmo bairro que eu, o Jardim Veloso, por exemplo, tem o privilégio de ter em 100 metros, duas dessas padarias que se reinventaram, a Flor do Veloso e a Pão Bom. Ambas têm uma grande variedade de produtos, os pães tradicionais, lanches, bolos, frios e refeições diárias com delivery. Aliás a Flor do Veloso, antiga Padaria da Inês virou ponto de referência no bairro.

E essa tendência se espalhou pela cidade. Várias Padarias modernas, quase um restaurante, onde se encontra quase de tudo. Serviços de entrega via aplicativos, almoços requintados, variedades de produtos refrigerados, sistemas de pagamento automatizados e tudo mais. Todo bairro de Osasco tem uma, e algumas aliás, inclusive já são franquias.

Eu ainda sinto saudades das antigas “Padocas”, com seus lanches na chapa de Bauru, Americano, Misto Quente, os lanches de mortadela e os tradicionais de Cheese, o X Burguer, X Calabresa, X Salada, X Egg, por exemplo. Hoje a maioria foram substituídos ou concorrem com hamburgueres artesanais e lanches gourmetizados.

Pedi mais uma vez, para meu amigo Eduardo Metroviche, do grupo do face “Fotografia em Osasco”, me enviar algumas fotos de Padarias históricas da nossa cidade. Uma forma de homenagear os saudosistas e parabenizar os comerciante que seguem firme essa difícil caminhada.


Padaria Aurora 1960, Presidente Altino
Padaria Bom Jesus 1946, Rua da Estação
Panificadora Paratodos, Rua Salém Bechara/Av. dos Autonomistas
Padaria e Confeitaria Adamas 1970, Rua Antonio Agú/Av. dos Autonomistas
Padaria Flôr de Osasco 1960, Largo de Osasco

Deixa aqui nos comentários as suas Padarias preferidas e do que você tem saudades das antigas.
Abraços e até a próxima!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.