Adolescente pede ajuda em escola do Jardim Veloso em Osasco após sofrer maus-tratos do padrasto

Capa Cidades

Nesta quinta, 2, a Ronda Escolar da GCM Osasco foi solicitada via GCOI, pois uma adolescente solicitou abrigo em uma escola municipal pelo Jardim Veloso, alegando ser vítima de maus tratos pelo padrasto.
Chegando a escola, a adolescente relatou todas as agressões e assédios sofridos pelo seu padrasto. De pronto, os Guardas Municipais pediram apoio do conselho tutelar sul, que de imediato foi a unidade escolar.

A GCM foi até residência da menor, onde não foi encontrado o padrasto, acusado pela adolescente como autor das agressões sofridas por ela. Assim sendo, a mãe foi informada dos fatos ocorridos com sua filha, e ela e a criança foram encaminhadas a sede do conselho tutelar sul, onde a conselheira de plantão, elaborou termo de responsabilidade de acordo com a lei 8.069/90 (ECA), onde passa a tutela como medida de proteção da adolescente, a sua madrinha.

A ação efetiva da equipe de ronda escolar, e o apoio prestado com todo zelo e conhecimento específico da lei 8.069/90 (Estatuto da criança e adolescente), com essa medida, retira uma jovem que vinha sendo vítima de violência por parte do padrasto, assim evitando um mal maior, e a encaminhando para um lar acolhedor de sua madrinha, onde, a jovem terá uma vida com mais amor.

2 thoughts on “Adolescente pede ajuda em escola do Jardim Veloso em Osasco após sofrer maus-tratos do padrasto

  1. Essa é a versão da jovem, vítima. É necessário ouvir as partes envolvidas para que a verdade seja esclarecida .Principalmente a mãe da vítima que tem muito a explicar.

  2. Tem que coloca esse marginal na cadeia.para que ele não faça mal pra essa criança e a mãe dela.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *