Após ter nariz e orelhas arrancados por ex-companheiro, moradora de Barueri faz campanha por cirurgias

No fim de 2017, a moradora de Barueri Talita sofreu violência doméstica do seu ex-companheiro. Eles viveram juntos por dois anos. O agressor não aceitava a separação. No dia 16 novembro daquele ano, ela estava na casa da mãe quando ele apareceu. “Ele correu atrás de mim, me pegou, tentou quebrar meu pescoço e me estrangular, por fim arrancou com a boca o meu nariz e minha orelha.”

Não foi a primeira violência que ela havia sofrido. “Ele já tinha me agredido e eu nunca tive força para denunciar e quando criei forças ao me separar, ele não aceitou o fim.”

Ela já fez sete cirurgias, 2 nas orelhas e 5 para reconstrução do nariz. Mas Talita precisa de ajuda, pois algumas cirurgias não são cobertas pelo Sistema Único de Saúde. Por este motivo, ela criou uma vaquinha virtual para que pessoas possam ajudá-la com valor das cirurgias, hoje avaliadas em R$ 20 mil.

Caso você queira ajudar a Talita com as cirurgias, o link para a vaquinha virtual é http://vaka.me/577408

Ela deixa um recado para quem sofre agressões domésticas. “Nunca perdoe uma agressão. Perdoar é o mesmo que se matar.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here