Barueri foi a única cidade da região que atingiu a meta de vacinação contra a Gripe

Capa Cidades

Barueri não está entre as cidades que poderão ampliar a vacinação contra a Influenza a todos os públicos, conforme informou o Ministério da Saúde na tarde de sexta-feira (dia 31 de maio).

O órgão se baseou no número de vacinas que sobraram da Campanha nacional, que ocorreu de 10 de abril a 31 de maio, para ampliar a imunização, no entanto, nem todas as cidades tiveram sobras, apenas aquelas que não conseguiram cumprir com a meta de 90% de aplicação no público prioritário.

A cobertura vacinal contra a Influenza em Barueri foi tão eficiente que, antes mesmo do encerramento da campanha, em 31 de maio, a cidade já havia ultrapassado a meta de vacinar 90% do público prioritário, que corresponde a 68.785 pessoas. A vacinação contra a gripe começou no dia 10 de abril em todo o Brasil.

O levantamento feito no dia 29 de maio pela Coordenadoria de Vigilância em Saúde do município mostra que a cidade imunizou 93,24% da população-alvo, ou seja, 64.135 pessoas.

Dentre os idosos, que inspiram bastante cuidado com relação ao risco da doença, a cobertura chegou a 116,19%. A cobertura seguiu a mesma linha no caso das puérperas (102,98%) e professores (105,65%).

Dentre as crianças faltou pouco: a cidade vacinou 84,4% (18.748 crianças). O que ainda preocupa a equipe de Saúde é a taxa de gestantes imunizadas, que ficou em 63,28%, o que demonstra que um número considerável de mulheres grávidas não procurou a vacina.

Cidades que atingiram a cobertura vacinal, como é o caso de Barueri, não têm imunobiológicos suficientes para atender à população, uma vez que não sobraram vacinas.

Diante de tal determinação e sem estoque da vacina disponível, a Secretaria de Saúde de Barueri informa que a imunização contra a gripe não será estendida a outros públicos na cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *