Chelsea pode pagar R$ 173 milhões por revelação do Osasco Audax

O Chelsea pode pagar 34,5 milhões de libras (pouco mais de R$ 173 milhões) para ter o volante Bruno Guimarães, do Athletico. Segundo o jornal inglês Daily Mail, o interesse é que o jogador seja transferido no verão inglês (inverno no Brasil) desde que o clube consiga se livrar de uma punição que o impede de negociar.

Bruno Guimarães, 21 anos, tem contrato com o Athletico até fevereiro de 2023 e sua multa rescisória é estimada nos 34, 5 milhões de libras, que o Chelsea estaria interessado em pagar.

Bruno Guimarães foi revelado pelo Osasco Audax, em 2011, ele jogou pelo Audax Rio, em 2014 se transferiu para Osasco Audax, o volante estreou como profissional em 2015 e jogou o Paulistão e a Copa do Brasil pelo time osasquense, em maio de 2017, o volante se transferiu para o Athletico.

O interesse do Chelsea já se mostrou real desde a partida do Athletico com o Boca Juniors, na Arena da Baixada, quando representante do clube assistiu ao jogo. Bruno Guimarães foi titular e um dos destaques da vitória sobre o Boca Juniors, por 3 a 0, pela terceira rodada da Libertadores.

O interesse do mercado europeu por Bruno Guimarães ocorre desde o início do ano. Na primeira partida do Athletico no ano na Baixada, na goleada de 4 a 0 sobre o Jorge Wilstermann, também pela Libertadores, dirigente do Shakhtar Donetsk, da Ucrânica, esteve na Arena da Baixada. Outros times como Inter de Milão, Lille e Napoli também mostraram interesse.

Apesar do interesse, o Chelsea está proibido pela Fifa de negociar jogadores por dois anos. O clube é acusado de assédio a atletas menores de idade de outros clubes, que é proibido na Europa. O Chelsea tenta a anulação da punição nesta semana.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here