Dobra número de casos de depressão desde o início da pandemia, aplicativo gratuito ajuda pacientes

Capa Geral

Um estudo conduzido pela Uerj (Universidade Estadual do Rio de Janeiro) em parceria com a Universidade de Yale, nos Estados Unidos, apontou que desde o início da pandemia de Covid-19, os casos de depressão praticamente dobraram, enquanto os de estresse e ansiedade aumentaram 80%. E esses picos de sentimentos causados pela nova realidade tem incentivado pessoas que nunca fizeram terapia a buscar auxílio de profissionais.

Para se ter ideia do aumento, a empresa Qualiforma, especializada em medicina do trabalho, divulgou que desde 16 de março houve 150% no crescimento por procura dos serviços de teleatendimento psicológico. 90% destes pacientes recorreram ao serviço após o início da quarentena, pois antes do isolamento, a terapia não era uma opção considerada.

Para quem imaginou que a primeira vez em um consultório para falar sobre a própria vida e questões diversas envolveria um divã, a realidade que 2020 preparou um encontro bem diferente, através de uma tela, como ocorreu com o fotógrafo e produtor de vídeos Thom Junior, que consultou um psicólogo após ver o mercado em que atuava (eventos e casamentos) parar por completo.

O fotógrafo Thom Junior buscou auxílio profissional através do aplicativo Macro Solidária

“Sou sempre o cara que chega contando a piada, fazendo brincadeiras, que anima todo mundo. E de repente eu estava quieto, pra baixo e preocupado, claro, porque se não tiver casamento e eventos, eu não tenho trabalho. Comecei a ficar pensando apenas nisso e não via uma luz no fim do túnel, foi quando minha esposa me indicou um aplicativo que ela havia usado para uma consulta médica, que também tinha serviço de psicologia. Ela ainda brincou que os serviços são gratuitos, no máximo eu perderia alguns minutos. Na verdade eu ganhei minutos e um outro fôlego, vou inclusive continuar com as sessões que o app oferece”, conta Junior.

O aplicativo ao qual o fotógrafo se refere é o Macro Solidária, que oferece três serviços totalmente gratuitos: aconselhamento jurídico (para sanar dúvidas quanto a reduções salariais, benefícios que o governo disponibiliza, como proceder com aluguéis, mensalidades etc), telemedicina e telepsicologia. A iniciativa é desenvolvida pela startup Macro Plataforma, uma HR Tech que atua no setor de benefícios corporativos, que logo ao início da pandemia começou a incluir serviços online de saúde para que seus clientes pudessem oferecer aos colaboradores. Foi então que a CEO da empresa, Marta Reis, percebeu a importância de fazer algo pela sociedade e oferecer um trabalho solidário a todos que precisassem. “Enquanto montávamos os serviços aos nossos clientes, percebi que podíamos oferecer um conforto a todos através do que já fazíamos em nossa empresa. Reuni nosso time e pedi para que fizessem um app em tempo recorde e incluissem os parceiros de medicina, psicologia e jurídico para que disponibilizássemos os aconselhamentos de forma gratuita para todo o Brasil. É muito gratificante ver que estamos de alguma forma ajudando pessoas em meio a tudo isso”.

A CEO da Macro Plataforma, Marta Reis, incentivou a criação do app para que todos tivessem acesso a serviços de saúde e jurídico sem custo e sem sair de casa

De acordo com a psicóloga Solange Feitosa, da Clínica Celebrare, responsável pelos aconselhamentos online através do Macro Solidária, buscar auxílio profissional é essencial para quem está enfrentando problemas como ansiedade, solidão e depressão. Ela explica que além das orientações online, também é possível realizar o acompanhamento do paciente, dependendo do caso. “Após os primeiros plantões psicológicos online, que podem durar de duas a quatro sessões, os pacientes podem dar continuidade ao processo terapêutico com o psicólogo que o atende, para trabalhar essas ou outras demandas, caso exista uma necessidade”, conta.

Como funcionam os atendimentos da Macro Solidária?

 Os três serviços gratuitos funcionam da seguinte maneira:

– Aconselhamento  médico: Objetivo é auxiliar todas as pessoas que tiverem algum sintoma de doença – sendo gripe ou não -, antes da mesma procurar um pronto socorro, evitando que esta pessoa não corra o risco de ser contaminada. É uma forma de contribuir para não sobrecarregar o sistema de saúde. Os médicos irão analisar cada caso e, se for necessário e os médicos perceberem que se tratam de sintomas do covid-19, eles irão orientar os usuários a buscar um Pronto Socorro.  

– Aconselhamento psicoterapêutico: O intuito é ajudar pessoas que estão tendo, por exemplo, crises de ansiedade por conta do isolamento social, medo de contrair o vírus, medo da morte e o medo de perder o emprego. Por meio de um aconselhamento os profissionais apontam as diretrizes para a pessoa lidar com este momento de stress. Sempre que o terapeuta perceber um quadro grave, eles irão orientar para que as pessoas busquem um tratamento psiquiátrico.

– Aconselhamento Jurídico: Objetivo é tirar dúvidas sobre todas as mudanças que o governo vem fazendo relacionados a empregados e empregadores. De igual forma, qualquer situação que fuja de um parâmetro legal e coerente, os advogados irão orientar as pessoas a buscarem especialistas em direito de acordo com a necessidade.

O aplicativo está disponível nas lojas da Apple e Android e na plataforma web. Ao baixar ou acessar a versão via internet, é preciso fazer um cadastro e assinar um termo de conscientização de uso para usufruir dos serviços no período em que estará disponível. A startup informa que ao concluir o preenchimento dos dados, o usuário tem acesso aos três serviços gratuitos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *